Vídeos

Vídeo! PM atira em homem que tentava se matar

Um policial militar deu dois tiros em um homem que tentava se matar com um facão nesta quinta-feira, 12, em uma avenida movimentada de Itu, município do interior de São Paulo.

Aparentando estar em surto psicótico, o homem também ameaçava atingir quem se aproximasse. Ele estava cercado por seis policiais e muitos curiosos, quando foi atingido pelos disparos no braço e na barriga.

O homem foi levado para o Hospital São Camilo, em Itu, e passou por cirurgia. No início da tarde desta sexta-feira, 13, ele permanecia internado em estado estável.

O comando da Polícia Militar de Itu disse que o policial agiu para preservar vidas, já que, além de ameaçar se matar, levando o facão ao pescoço, o homem estava agitado e poderia ferir outras pessoas.

Já o secretário da Segurança Pública do Estado, Alexandre de Moraes, considerou “precipitada” a atitude do policial e mandou a Corregedoria da PM apurar sua conduta. Moraes viu a ação em vídeos gravados por moradores e postados em redes sociais.

“Parece-me que era possível ter aguardado mais um pouco. Também não parece que havia risco iminente de agressão”, disse o secretário.

A Corregedoria vai requisitar imagens e tomar o depoimento dos policiais que participaram da ação. De acordo com a advogada Liliane Gazzola, que já atuou na defesa do homem, ele é portador de distúrbio mental em razão da dependência de álcool e drogas.

O ex-cliente, que não teve o nome divulgado, já respondeu a processos por crimes de furto e roubo. Em uma das ações, segundo ela, há um laudo médico atestando a síndrome de dependência por cocaína e transtorno mental por dependência química.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Repórter Cinematográfico, Fotógrafo licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.