AraucáriaPolícia

Vídeo mostra que atropelamento de cão comunitário, pode ter sido proposital; confira

Câmeras de segurança mostram que o atropelamento do cão comunitário que respondia pelo nome de Amarelo, atropelado no dia (15), na Av Archelau de Almeida Torres, pode não ter sido acidente. Nas imagens é possível ver que o motorista sai da pista e vai para a esquerda, em direção ao cachorrinho que está deitado no acostamento.

Um casal que estava atrás e viu o atropelamento, anotou a placa e passou para a Guarda Municipal de Araucária (GMA). A equipe conseguiu localizar o motorista, no qual, argumentou ter pensado ser uma pedra e não um cachorro. Porém o que chama a atenção é, justamente não ter desviado, já que essa seria a lógica.

Por não ter se caracterizado flagrante e não ter provas suficiente, ele não pode ser preso.

O motorista do veículo foi notificado com uma multa no valor de 4 mil reais pela Secretaria do Meio Ambiente de Araucária, por maus tratos aos animais.

O caso segue sendo investigado.

Veja o vídeo:

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.