Tempo

Ventos chegaram a 62 km/h em Curitiba; confira o acumulado da chuva e os bairros mais afetados

A Defesa Civil de Curitiba registrou 55 ocorrências de distribuição de lona para atender destelhamentos provocados pela chuva com vento que atinge a capital desde a noite deste domingo (27). As rajadas de vento chegaram a 62 km/h, segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), atingindo principalmente a região norte da cidade.

No acumulado das últimas 12 horas, foram 20mm de chuva, de acordo com informações do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Os ventos contribuíram para a queda de árvores e galhos grandes. Até às 9h da manhã desta segunda-feira (28) foram 104 os registros para retirada de árvores pela Central 156 de Atendimento ao Cidadão. Até o momento, não há desabrigados, desalojados ou feridos.

Ainda segundo a Defesa Civil, são 27 os bairros mais afetados: Santa Cândida, Boa Vista, Abranches, Barreirinha, Bairro Alto, Cajuru, Matriz, Portão, Boqueirão, Pinheirinho, CIC, Bacacheri, Atuba, Uberaba, Pilarzinho, Guabirotuba, Batel, Ahu, São Lourenço, Juvevê, Cabral, Jardim Social, Cachoeira, Capão Raso, Capão da Imbuia, Santo Inácio e Tingui.

Equipes da Prefeitura estão mobilizadas para restabelecer a normalidade o mais rápido possível, com envolvimento das Subsecretarias Municipais de Proteção e Defesa Civil, Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito, Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Fundação de Ação Social (FAS).

Energia

A forte chuva que cai em Curitiba desde a tarde de domingo deixou 39,8 mil casas sem energia elétrica em Curitiba e região metropolitana, de acordo com a Copel. Em algumas residências a luz voltou, mas outras seguem no escuro. A previsão, de acordo com o Sistema Meteorológico Simepar, é de mais chuvas fortes no decorrer desta segunda-feira.

Segundo a Defesa Civil de Curitiba, houve registro de granizo e queda de energia em alguns bairros. Os mais afetados foram: Santa Cândida, Boa vista, Abranches, Barreirinha e Bairro Alto. Até 21 horas, foram registradas 20 solicitações de lona no sistema da Guarda Municipal de Curitiba. Não houve registro de feridos, desalojados ou desabrigados.

Veja as cidades do Paraná com mais unidades consumidoras desligadas:

– Curitiba: 24,7 mil
– Ponta Grossa: 14,8 mil
– Colombo: 7,8 mil
– Maringá: 7,6 mil
– Almirante Tamandaré: 7,3 mil

Evite sair de casa

Enquanto estiver chovendo, a orientação da Defesa Civil é que se evite sair de casa. Se a pessoa já estiver na rua, deve evitar se abrigar embaixo de árvores e de estruturas metálicas, estando a pé ou de carro. Debaixo de chuva, o motorista deve redobrar a atenção e reduzir a velocidade.

A Defesa Civil registra as ocorrências que chegam ao município pelo telefone de emergência 199 e, também, pelo 156 (Central de Atendimento ao Cidadão) e pelo 153 (Centro de Operações da Guarda Municipal).

Outras situações decorrentes de chuvas ou temporais podem ser atendidas pelo Corpo de Bombeiros (193) e pela Copel.

Assista (redes sociais):

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.