Brasil

Vem aí aumento do porcentual de etanol na gasolina

alcool-gasolina-etanol

O aumento do percentual do etanol na mistura da gasolina, que estava acordado para entrar em vigor a partir de 16 de fevereiro, deve acontecer até o fim do mês. Segundo um interlocutor do governo, a decisão está na mesa da presidente Dilma, que deve bater o martelo ainda em fevereiro, após analisar detalhes finais da medida.

Há duas semanas, o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) esteve reunido com representantes da indústria da cana-de-açúcar e automotora quando costuraram o acordo que elevaria de 25% para 27% a presença do álcool anidro no combustível já nesta semana. Estavam presentes na reunião a presidente da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), Elizabeth Farina, e o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Luiz Moan.

O acordo define que, no caso da gasolina premium, o percentual da mistura continue em 25%. A Unica afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que está aguardando a decisão nos próximos dias. ESTUDOS Em estudo recente, a Petrobras concluiu que a mudança na mistura não representa prejuízo para o motor e não compromete o desemprenho dos veículos. A Anfavea está conduzindo outro estudo, de durabilidade, com previsão de conclusão no fim de março. Segundo afirmou um representante do Palácio do Planalto, a presidente Dilma não deve esperar esse último estudo para publicar a decisão.

A medida vai favorecer o setor sucroalcooleiro, que estima um aumento na demanda anual por etanol em 1 bilhão de litros, segundo Farina. As usinas brasileiras produziram 28 bilhões de litros de etanol no ano passado.

Folhapress

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.