AraucáriaBrasil

Uso irracional de medicamentos é o principal causador de intoxicações no país

O uso inadequado de medicamentos e a automedicação são reconhecidos problemas de saúde pública. O último levantamento realizado pelo Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox) mostra que os medicamentos são os principais causadores de intoxicações no país, respondendo por mais de 33% dos casos. Isto é três vezes o número de casos do segundo colocado: os produtos de limpeza doméstica; responsáveis por 11,63% das intoxicações. Ao ter dúvidas sobre a utilização de medicamentos, basta procurar a orientação de um farmacêutico.

Segundo o diretor do Departamento de Assistência Farmacêutica da Secretaria Municipal de Saúde de Araucária, o farmacêutico André Luis Cândido da Silva, “mesmo os medicamentos que não necessitam de prescrição, como alguns que são utilizados para dor de cabeça, podem fazer mal para a saúde quando utilizados de forma errada. Além disso, podem interferir no resultado de alguns exames laboratoriais”.

Combinação perigosa – Existem pessoas que utilizam vários medicamentos ao mesmo tempo, situação conhecida como polifarmácia. Muitas vezes, há interação entre diferentes medicamentos, o que pode causar a anulação do efeito de algum remédio ou aumentar as chances de ocorrer uma reação desagradável e até mesmo uma intoxicação grave. “A participação do profissional farmacêutico no acompanhamento do tratamento é fundamental”, alerta André.

Há ainda casos de interação dos medicamentos com o álcool e alimentos. O álcool pode diminuir ou aumentar a ação de um medicamento, podendo não apresentar o resultado esperado ou gerar uma intoxicação. Alguns medicamentos possuem a sua absorção e, consequentemente, sua ação, prejudicada ou melhorada em decorrência da ingestão com alimentos. Todas estas particularidades relacionadas aos diferentes medicamentos existentes devem ser esclarecidas com o seu farmacêutico.

Podem surgir dúvidas sobre a melhor maneira de se tomar um medicamento. A água é o líquido mais indicado para acompanhar a sua ingestão. Algumas medicações podem reagir quimicamente quando em contato com o leite, refrigerantes e sucos, por exemplo, causando prejuízo ao tratamento.

Qual a melhor forma de guardar o medicamento?
Os medicamentos devem ser guardados fora do alcance de crianças. O local deve ser limpo, sem umidade e protegido do sol ou de fonte de calor. Verifique sempre a validade dos medicamentos guardados. Caso estejam vencidos, não devem ser consumidos. Não congele os medicamentos líquidos e nem guarde na geladeira, a não ser que a bula do remédio recomende.

Reações adversas – Deve-se ter atenção durante o tratamento com determinados medicamentos, principalmente quando utilizados em crianças, gestantes e idosos. O uso de alguns antialérgicos, por exemplo, pode causar sonolência e afetar a capacidade de dirigir e operar máquinas. Os anti-inflamatórios, quando tomados em excesso ou por períodos prolongados podem levar a quadros de gastrite, úlcera, problemas nos rins, fígado e coração, além do aumento da pressão arterial.

Dia do Farmacêutico – No dia 20 de janeiro é comemorado o Dia Nacional do Farmacêutico e a Prefeitura de Araucária aproveita para informar que possui profissionais farmacêuticos capacitados e comprometidos com a promoção, proteção e recuperação da saúde da população. Este profissional atua em diversos serviços do Sistema Único de Saúde do município, como as Unidades de Saúde, Farmácias, Laboratório e Hospital Municipal, Central de Abastecimento Farmacêutico e Comissão de Farmácia e Terapêutica. Em caso de dúvidas sobre medicamentos, procure sempre um farmacêutico.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.