Paraná

Treze anos após crime, ex-policial acusado de matar comandante vai a júri popular

Está previsto para esta quinta-feira (22), o julgamento de um ex-policial militar acusado de matar, em 28 de janeiro de 2005, o major Pedro Plocharski, que exercia interinamente o cargo de comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, sediado no Capão Raso, em Curitiba. Na época, o major investigava crimes praticados por policiais. O julgamento será realizado pelo Tribunal do Júri da capital, às 9 horas.

Major foi morto em 2005. (Foto: Reprodução)

Segundo as investigações do Ministério Público, o réu, o tenente Alberto da Silva Santos, que na época deveria cumprir pena na Colônia Penal Agrícola em regime semiaberto, teria efetuado os disparos contra a vítima. Outro ex-policial militar estaria dirigindo o veículo utilizado para a prática do crime. Este, apesar de estar em liberdade, respondia a processos na Justiça e foi morto em confronto com a polícia civil, em janeiro de 2012.

Relembre o caso

No dia 28 de janeiro de 2005, por volta das 18h45, dois homens armados com uma metralhadora calibre 9 milímetros e ocupando um veículo assassinaram com dezenas de tiros o major Pedro Plocharski, de 49 anos. O oficial havia deixado a sede do 13º Batalhão da Polícia Militar e seguia para sua casa, no bairro Umbará, ao volante de um Fusca, quando foi surpreendido pelos criminosos.

Com o impacto dos tiros, a vítima, que não teve tempo de reagir, perdeu o controle do carro, que saiu da pista. Plocharski estava fardado e carregava uma pistola calibre ponto 40. No local, foram recolhidas cerca de 20 cápsulas das balas que saíram da metralhadora. No Instituto Médico-Legal, foram constatadas perfurações no pescoço, peito, perna, braço e barriga da vítima.

As informações acerca do crime foram corroboradas com detalhes resultantes de interceptações telefônicas inicialmente produzidas e de seus desdobramentos. Embora não tenham apontado diretamente os autores do homicídio, revelaram situações que indicaram fortes suspeitas sobre o envolvimento dos policiais com criminosos, em segmentos envolvendo armas, drogas, veículos e homicídios.

 

BANDAB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.