ParanáPolícia

Transporte coletivo da Região quebra recorde de arrastões desde 2017

As ocorrências de arrastão (uma espécie de tática de roubo coletivo de dinheiro, telefone, bolsas e outros) estão se tornando cada vez mais comuns no transporte coletivo de Curitiba. Segundo informações do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus (Sindimoc), desde 2017 foram registradas pelo menos 50 ocorrências desse tipo na Capital.

Com relação ao ano passado, ainda segundo o Sindimoc, não há um número fechado de ocorrências. A estimativa do setor de inteligência do sindicato, porém, é de que tenham sido pelo menos 40 casos de arrastões ao longo do ano, com a linha Trabalhador sendo a mais afetada. A esses episódios se somam ainda outros 10 registrados neste primeiro mês e meio de 2018, sendo sete apenas em fevereiro. A linha Bairro Novo A é que concentra o maior número de casos.

Apenas na última quarta-feira, por exemplo, foram três arrastões em Curitiba. O primeiro deles ocorreu às 6h30, justamente na linha Bairro Novo A. O segundo, às 9h30, na linha alimentador Pinheirinho. Os boletins de ocorrência (B.O.s) foram feitos no 11º distrito e tiveram a mesma descrição feita pelas vítimas, o que levanta a suspeita de que os mesmos assaltantes, uma dupla armada com pistola, tenham praticado os crimes.

Já o terceiro arrastão, às 19h30, foi na linha Campo Alegre. Neste último, os dois elementos estavam armados entraram e fizeram a limpa no pertences de todos os passageiros, na região do Capão Raso, segundo o sindicato.

“Já tivemos dez arrastões do início do ano até agora”, afirmou o Diretor de Segurança do Sindimoc, Dario Pereira. Além disso, há o registro de uma média de seis a oito assaltos por dia ao sistema. O sindicato, inclusive, afirma seguir atuando para que seja efetivada a instação das câmeras de segurança nos ônibus, que devem coibir a ação de muitos destes assaltantes.

A Urbs, por sua vez, destaca que o sistema de transporte de Curitiba já conta com cerca de 500 câmeras instaladas em estações-tubo e terminais, além de estar testando câmeras no interior de algumas linhas para definir o melhor padrão técnico e a eficiência dos equipamentos e planejar o item de fábrica na renovação da frota. Os 25 biarticulados que chegarão em março, inclusive, já contarão com câmeras.

Já as Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana informaram por meio de nota lamentar os episódios de violência no sistema de transporte coletivo, apontando ainda que vêm buscando há tempos, em conjunto com os órgãos gestores do transporte e da segurança, todas as iniciativas de combate aos crimes dentro dos ônibus, o que resultou na formação do Comitê de Segurança no Transporte Coletivo, do qual participam ativamente.

Incentivo ao cartão transporte é uma das saídas
Além da instalação de câmeras, outra medida que tanto a Urbs como as empresas que operam o sistema têm apostado para contornar o problema da violência é a popularização do uso do cartão transporte. Com isso, haveria menos dinheiro em circulação, o que também reduziria a atratividade para roubos – em São Paulo, por exemplo, a redução foi de 94% no total de assaltos na comparação entre 2003 (11.394 casos), período anterior à implantação do sistema de Bilhete Único, e 2013 (609 ocorrências).
“As operadoras também lembram que em Curitiba apenas 60% dos pagamentos são realizados com cartão. É comprovado pelas estatísticas no Brasil e no mundo que o incentivo ao uso do cartão é um grande aliado na luta contra os assaltos em tubos e linhas”, afirmaram as empresas de transporte em nota encaminhada ao Bem Paraná, ao passo que a Urbs destacou estar trabalhando na ampliação dos pontos de venda de crédito de cartão-transporte.

ARRASTÕES 2018
(Data – Linha/Estação – horário do crime)
18/01 – Tubo Jardim das Américas – 22:40
20/01 – Linha Solitude – 21:00 – Próximo a fábrica da Coca-Cola
20/01 – Linha Bairro Novo A e B
01/02 – Linha Petropolis/Ouro Verde – 22:00 – Avenida Prefeito Omar Sabbag, em frente ao Jardim Botânico
02/02 – Linha Fazenda Rio Grande/CIC – Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, na CIC
08/02 – Pompeia/Urbana
11/02 – Linha Curitiba/Piraquara – 07:30 – Rodovia João Leopoldo Jacomel
14/02 – Linha Bairro Novo A – 06:30
14/02 – Linha Alimentador Pinheirinho – 09:30
14/02 – Linha Campo Grande – 19:30

 

BEM PARANÁ

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.