Paraná

Temporais deixam estragos e Paraná continua em alerta laranja

As chuvas que atingem diversas cidades do Paraná já deixaram estragos e o Paraná, assim como Rio Grande do Sul e Santa Catarina, estão em alerta laranja, porque ainda há risco de tempestade forte com raios e ventos fortes. O alerta foi emitido pelo  Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e prevê chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h), e queda de granizo.

Ventos de 100 km/h e granizo destelharam casas no Litoral

Segundo o Simepar, na sexta-feira (17), o deslocamento de uma frente fria pelo Oceano, associado com áreas de instabilidade oriundas do Paraguai e de Mato Grosso do Sul, deixam o tempo instável em todo o Paraná.

O tempo continua muito instável no decorrer do sábado (18) entre os estados de Santa Catarina e do Paraná. As taxas de instabilidade seguem elevadas sobre esses Estados e também no norte da Argentina, Paraguai e de Mato Grosso do Sul. Os maiores volumes de chuva estão previstos para os setores oeste, sudoeste, centro-sul e Campos Gerais, mas as faixas norte e leste também vão registrar temporias no decorrer do dia, porém mais desorganizados. O calor perde um pouco de força devido a cobertura de nuvens.

Em Curitiba, segundo informações da Prefeitura, há dois bloqueios de trânsito na manhã desta sexta (17) causados pela queda de árvores e galhos: um na Rua Jorge Bonn, no Tingui e outro  na Rua General Carneiro com a Avenida Sete de Setembro.

Litoral

Na quinta (16), os municípios do Litoral registraram temporais fortes. Rajadas de vento ultrapassaram os 100,0 km/h em Antonina e em Guaratuba. Houve registro de chuva de granizo e pelo menos 12 casas foram danificadas.

Interior do Estado

Na quinta (16) à tarde, ventos de 48 km/h atigiram Londrina, região Norte do Estado, e deixaram vários estragos. A Companhia Paranaense de Energia (Copel) informou que 17 mil domicílios ficaram sem energia.  Em Maringá, Noroeste do Estado, houve queda de galhos e  árvores que causaram bloqueios no trânsito e queda de energia. Também houve registro de destelhamento.

Em Querência do Norte, pelo menos 40 casas foram destelhadas e 13 árvores caíram  na tarde de quinta-feira (16), após um
temporal com chuva de granizo. A Defesa Civil ainda contabiliza os estragos.

Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), temporais atingiram vários municípios do Estado na tarde desta quinta.  Outras cidades também tiveram rajadas de vento forte, como Cambará (74 km/h), Cascavel (79 km/h), Guaíra (83 km/h) e SantaHelena (90 km/h).

 

BEM PARANÁ

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.