Paraná

Tempo seco e estável predomina na semana

O veranico continua inabalável – pelo menos até quinta-feira (6), segundo previsão do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) – durante o dia, com temperaturas típicas de meses mais quentes e índice baixo de umidade relativa do ar na maior parte do estado. Os dias terão nuvens esparsas durante o começo da semana, mas o céu limpo predomina.

“A condição atmosférica em que estamos é uma massa de ar seco. A umidade relativa do ar baixa é um característica normal”, diz a meteorologista Ana Beatriz Porto, do Simepar.

Segundo o relatório do meteorologista Reinaldo Kneib, “a semana vai continuar com tempo estável e permanece com grande variação na temperatura do ar, ou seja, noites e madrugadas ligeiramente frias”. As máximas previstas para quarta-feira (5) são de 27 graus C em Curitiba; 30 graus C em Londrina; 32 graus C em Guaíra e 31 graus C em Francisco Beltrão. As mínimas ficarão entre 11 e 13 graus na capital e 15 e 16 graus C em Francisco Beltrão. Londrina e Guaíra registrarão mínimas de 15 e 16 graus C.

Boa notícia para quem tem voos agendados ou vai pegar estrada: a baixa umidade relativa do ar diminui a possibilidade de ocorrência de nevoeiros pela manhã. Às 14 horas de domingo (2), a umidade relativa do ar era de 42,3% em Curitiba e de 21,1% no Noroeste do Paraná. “Os próximos dias continuam com este padrão. Os nevoeiros não estão tão frequentes quanto ano passado porque a umidade relativa do ar está em torno de 5% mais baixa”, explica Ana Beatriz. “Não seria incomum ter uma mínima de 30% em Curitiba, pela condição do setor Leste. A umidade nesta região não fica tão baixa quanto no interior do estado”, completa.

“Os valores [da umidade relativa do ar] são baixos na maior parte do Estado. E como nos últimos dias é mais crítico no extremo noroeste”, escreveu Reinaldo Kneib. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o nível ideal para o organismo humano fica entre 40% e 70% – abaixo disto, o tempo seco pode desencadear problemas de saúde como asma, infecções, desidratação e alergias.

Segundo previsões do Simepar, agosto terá um volume menor de chuva que o previsto para julho (40 mm/mês a 110 mm/mês) e setembro (60 mm/mês a 140 mm/mês): entre 40 mm/mês e 90 mm/mês. A temperatura mínima prevista para agosto é superior a de julho e a que se espera em setembro: agosto terá mínimas em torno de 10,2 graus C enquanto setembro será de 9,9 graus C.

Gazeta do Povo

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.