Araucária

SMSA orienta empresas sobre plano de contingência para prevenir o novo Coronavírus

A Secretaria Municipal de Saúde de Araucária (SMSA) publicou orientações para empresas sobre a elaboração de plano de contingência com objetivo de prevenir o novo Coronavírus (Covid-19). O documento relata uma série de instruções para o reforço da higiene, ações para evitar aglomerações e como agir em caso de trabalhadores com sintomas suspeitos. A publicação é recomendada para empresas e indústrias com mais de 50 funcionários, mas as orientações são importantes para estabelecimentos de todos os portes.

Entre as recomendações gerais estão: adotar um sistema de escalas de trabalho para reduzir “fluxos, contatos, aglomerações e o número de trabalhadores por turno (incluindo o não contato de trabalhadores de turnos diferentes)”. Isso inclui cuidados com acesso aos vestiários, horários de refeições, pausas térmicas e psicofisiológicas. A publicação ressalta a importância de garantir a distância de, no mínimo, 1,5 metro entre os trabalhadores nos postos de trabalho e nas áreas de circulação e convivência.

As empresas devem proibir o compartilhamento de equipamentos de diversos tipos de equipamentos como: aparelhos de telefone, rádios, cronômetros, cinturões de segurança e máscaras faciais. Há também a indicação para a higienização frequente de espaços de grande circulação de pessoas, superfícies de toque (catracas, cadeiras, maçanetas, portas, corrimão, apoios em geral), equipamentos de proteção individual e ferramentas. Os ambientes devem ser ventilados e com renovação de ar natural ou artificial durante toda a jornada de trabalho.

SINTOMAS – A orientação especificamente voltada para áreas de engenharia de segurança e medicina do trabalho ou serviços de medicina do Trabalho/setor de recursos humanos prevê que a empresa deve disponibilizar máscara cirúrgica, de forma imediata, aos trabalhadores que apresentem sinais e sintomas. Além disso, deve verificar em seus trabalhadores, terceiros e visitantes se há sintomas compatíveis com síndrome gripal (febre, tosse, coriza, dor de garganta e dificuldade respiratória); questionar sobre contato direto com casos suspeitos ou confirmados da doença; e realizar o controle da temperatura por meio de termômetro a laser. A empresa deve notificar imediatamente todos os casos suspeitos ou confirmados de  Covid-19 para a Secretaria Municipal de Saúde e para a Vigilância Epidemiológica Municipal.

É preciso ainda garantir o imediato afastamento do trabalho (sem prejuízo da remuneração) do trabalhador que tenha relação muito próxima a casos suspeitos até realização de exame específico para confirmação do vírus ou por 14 dias do início dos sintomas. A empresa deve também monitorar diariamente a condição de saúde dos trabalhadores que foram afastados do trabalho por suspeita de COVID-19. Trabalhador que apresente sinais e sintomas de síndrome gripal (bem como seus contatos domiciliares) devem ficar em isolamento domiciliar.

A orientação destaca também a importância de elaborar e divulgar materiais informativos sobre as medidas de prevenção, sintomas suspeitos e outros detalhes sobre o novo Coronavírus no interior do estabelecimento, durante o transporte e em áreas de convivência.

Prefeitura de Araucária


Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.