Paraná

Seis pessoas morrem em acidente na BR-153; viatura do IML capotou com os corpos

Seis pessoas morreram em um acidente gravíssimo entre um caminhão e um carro na noite desta sexta-feira (9), na BR-153, em Rebouças. Pouco após o acidente, a viatura do Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa, responsável por fazer a remoção dos corpos, capotou na mesma rodovia, no início da madrugada deste sábado (10).

O caminhão, com placas de Bocaiúva do Sul, seguia com direção a Rebouças, quando bateu de frente com o veículo Ford Fiesta, que seguia no sentido contrário, próximo à ponte do Rio Potinga. Cinco pessoas, que seguiam no carro, morreram no local, e uma foi socorrida em estado grave a um hospital da região. A vítima, porém, faleceu logo após dar entrada no hospital.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), todas as vítimas tinham entre 20 e 30 anos e tinham saído de Teixeira Soares. Após parar em Rebouças, todos seguiriam para Rio Azul. O motorista do caminhão, de 24 anos, fez o teste do bafômetro, que apontou zero para o consumo de álcool, e foi encaminhado ao hospital por apresentar grande nervosismo.

Os corpos foram recolhidos por uma viatura do IML de Ponta Grossa que, um quilômetro após o local em que o acidente foi registrado, saiu da pista e capotou. O motorista não ficou ferido, e os corpos foram transferidos para outra viatura.

Massa News – 10/11/2018

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.