Paraná

Sanepar pede reajuste e conta pode subir pela terceira vez em 2015

A Sanepar comunicou ao mercado, aos investidores e à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que pediu uma “revisão tarifária extraordinária” dos preços da água e do esgoto ao regulador do saneamento no Paraná, o Instituto das Águas. Se o pedido for autorizado, será o terceiro aumento em 2015. Em março, o reajuste anual foi dividido em duas partes: a primeira, em maio, de 6,5%. E a segunda em julho, de 6%.

O percentual solicitado não será divulgado pela empresa até a decisão e deve ser aplicado de uma vez só. A Sanepar não trabalha com outro cenário que não o da revisão da tabela com os preços dos serviços. O aumento deve chegar às contas dos consumidores a partir de 1.º de setembro.

Segundo a companhia, o pedido de revisão não pode ser considerado, propriamente, um aumento, por tratar-se de situação excepcional relacionada aos custos da energia – fator que impacta diretamente a operação da empresa. Anualmente, a Sanepar reajusta preços sempre em março.

“A revisão extra é justificada pelos aumentos sucessivos na energia elétrica, bastante acima do que prevíamos para o ano”, afirma Claudia Trindade, gerente da Unidade de Regulação da Sanepar.

A empresa argumenta que o aumento acumulado durante as três elevações dos custos da energia deste ano deve provocar gastos, em 2015, 88% maiores com a Copel em relação a 2014.

A gerente da Sanepar afirma que os clientes da empresa não devem ficar assustados, por considerar que os preços dos serviços “são muito mais baratos” do que as tarifas de serviços como energia e telefonia.

Pron

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.