Mundo

Rússia indica 42 dias sem álcool para pessoas que tomaram vacina para covid-19

As pessoas que tomaram a vacina russa contra a Covid-19 devem evitar a ingestão de álcool e remédios nos primeiros 42 dias após a primeira injeção. A afirmação foi feita pela vice-primeira-ministra russa, Tatiana Golikova, na sexta-feira (4/12), quando o início da vacinação em massa foi anunciado no país.

Outra recomendação é que os recém-vacinados evitem aglomerações e locais públicos. O objetivo, segundo Golikova, é preservar o sistema imunológico, uma vez que substâncias como o álcool e medicamentos podem suprimir as defesas do organismo.

A vacina Sputnik V começou a ser distribuída por 70 clínicas russas no último sábado (5/12). O imunizante é administrado em duas injeções, com a segunda dose prevista para ser aplicada 21 dias após a primeira.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, clique aqui.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.