Araucária

Representante dos caminhoneiros diz que greve acaba à tarde se proposta de zerar PIS/Cofins passar no Senado

Em entrevista à Rádio Eldorado na manhã desta quinta, o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, afirmou que as manifestações dos motoristas autônomos devem ser suspensas no período da tarde, desde que o projeto que prevê zerar até o fim de 2018 o PIS/Cofins que incide sobre o óleo diesel seja aprovado pelo Senado.

A Petrobras informou que o preço médio nacional do litro do diesel A, de R$ 2,1016, vale a partir desta quinta-feira, 24. O novo valor implica em uma redução de 10%, como anunciado pela empresa na quarta-feira, 23, ante o preço que estava em vigor, de R$ 2,3351.

Até antes do anúncio, o dado que vigorava na tabela para esta quinta era de R$ 2,3083, o que representaria uma queda de 8,95%

Na noite de quarta, a Petrobras anunciou congelamento do preço do diesel por 15 dias e um desconto de 10% nos preços nas refinarias, na tentativa de chegar a um acordo para por um fim a greve.

Já o preço médio válido para a gasolina A sem tributo nas refinarias, que entrará em vigor na sexta-feira, 25, será de R$ 2,0160, com queda de 0,72% em relação à média atual de R$ 2,0306 Essa é a terceira queda consecutiva anunciada pela empresa.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.