Brasil

Recém-nascido enterrado vivo passa bem e bisavó é presa; veja vídeo

A bisavó do recém-nascido enterrada vivo em Canarana, a 838 km de Cuiabá (MT) teve a prisão convertida em preventiva depois de passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (6). Kutsamin Kamayura, de 57 anos, foi ouvida e alegou que a criança não chorou e, por isso, acreditou que estivesse morta. Seguindo o costume da comunidade indígena, ela enterrou o corpo no quintal, sem comunicar os órgãos oficiais.

Na decisão, o juiz Darwin de Souza Pontes, da 1ª Vara de Canarana, a ordem pública como motivo para determinar a prisão preventiva de Kutsamin. Ela deve responder por tentativa de homicídio. A Polícia Civil estima que a criança ficou enterrada por seis horas – entre as 14h e 20h.

Bebê passa bem e já recebeu alta médica. Foto: Divulgação/PM MT

A mãe da criança, de 15 anos, disse que teve o parto no banheiro e que a criança bateu a cabeça no chão. Os familiares relataram que observaram a menina e como ela não chorou acreditaram que ela estava morta. A bisavó da índia pegou o bebê e o enterrou no quintal da casa onde eles moram.

Policiais militares foram até o local após receberem uma denúncia anônima informando que um recém-nascido havia sido enterrado no quintal da casa, sem passar pelo Instituto Médico Legal (IML).

O bebê, tido como morto, estava enterrado em uma cova de 50 centímetros de profundidade. Os familiares apontaram o local onde o corpo havia sido enterrado e os policiais começaram a escavar com cuidado. Um deles ouviu um sussurro e pediu o apoio de uma ambulância, pois a criança estava viva.

 A criança foi levada às pressas a um hospital de Canarana e depois transferida para o Hospital Regional de Água Boa. Os médicos descobriram que o bebê teve um afundamento no crânio, pois o exame de raio-X apontou duas fraturas na cabeça. Mesmo assim, o quadro de saúde dele é estável.

Assista o vídeo gravado e divulgado pelos policiais militares do Mato Grosso que salvaram a criança. IMAGENS FORTES

 

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.