ParanáPolícia

Rapaz é assassinado a facadas e cachorro fica triste

Gabriel Henrique Mineiro da Costa, de 20 anos, foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (17), na casa onde morava, na Estrada da Palmeirinha, próximo ao Centro de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Do lado de fora da casa, o cachorro do rapaz permaneceu deitado, triste, e sequer se importou com a movimentação na residência.

O rapaz estava caído ao lado da cama, no quarto onde dormia. Segundo a perícia do Instituto de Criminalística, Gabriel levou pelo menos sete facadas pelo corpo. Para a polícia, o crime aconteceu no final da noite de domingo (16) ou na madrugada desta segunda e o rapaz foi encontrado por moradores que teriam dado falta dele.

Logo que os policiais chegaram ao local, além de Gabriel morto, encontraram o cachorro do rapaz deitado no chão da parte de fora da casa. O bicho, que estava com um pouco de ração com comida ao lado, sequer mexeu na comida.

Visivelmente triste, o cachorro permaneceu quieto enquanto todo o trabalho da polícia era feito no local. Nem mesmo quando o corpo de Gabriel foi retirado pelo Instituto Médico-Legal, o animal saiu do canto da porta, onde permaneceu quando todos foram embora.

Dentro da casa, os policiais encontraram a faca usada no crime, fato incomum. O objeto foi apreendido e deve passar por perícia para encontrar possíveis impressões digitais.

Mistério

A Polícia Civil da cidade já trata o crime como um mistério. Inicialmente, suspeita-se de três hipóteses a respeito do assassino: seria alguém que morava com Gabriel, alguém que teria entrado na casa a convite do rapaz ou uma pessoa que teria ido até a casa somente para matá-lo.

‘De qualquer forma, temos um mistério em mãos, uma vez que não sabemos muito da vida da vítima‘, explicou o delegado João Marcelo Renk Chagas. Os comentários dos vizinhos aos policiais são de que Gabriel se mudou para a casa há pouco tempo, mais ou menos 15 dias. Apesar disso, ninguém soube dizer com o que ele trabalhava e se morava sozinho.

Uma informação, que ainda será confirmada pela Polícia Civil, é de que Gabriel conhecia Agnaldo, um rapaz que foi morto na cidade na semana passada, junto com o pai, Sebastião. Já de imediato, a polícia quer descobrir se o crime tem ou não relação com o duplo assassinato.

Por ser uma área praticamente rural da cidade, pouca gente pode ter visto ou escutado alguma coisa. Apesar disso, a polícia acredita que alguém possa ter informações para ajudar nas investigações. Denúncias devem ser passadas ao telefone da Delegacia de Campina Grande do Sul, pelo 3676-1135.

 

PrOn

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.