Paraná

Quatro mil participam da marcha da maconha em Curitiba

noticia_986370_img1_8f1interA 8ª Marcha da Maconha de Curitiba, realizada ontem, teve a participação de cerca de quatro mil pessoas. A marcha, que também acontece em várias capitais brasieliras desde a década passada, pede a descriminalização da maconha no País.

A marcha começou pela Boca Maldita, onde, desde as 15 horas, acontecia uma espécie de “esquenta”, com batucada feita por aproximadamente 500 pessoas. Pouco antes das 16h30, o grupo, já com mais de duas mil pessoas, iniciou a caminhada.
Primeiro a marcha passou pela Praça Generoso Marques, de onde seguiu sentido à Praça Tiradentes, desceu a Avenida Cândido de Abreu e terminou no final da tarde em frente ao Palácio Iguaçu, na Praça Nossa Senhora de Salete.
Durante a caminhada, vários dos presentes fumavam cigarro de maconha. A polícia acompanhou a marcha de longe, e sem abordar ninguém. Um dos poucos incidentes foi ainda no meio da tarde, quando um grupo com mais de 60 pessoas invadiu um biarticulado da linha Carlos Gomes/Pinheirinho.
Eles entraram sem pagar a passagem e alguns teriam acendido cigarros de maconha. O motorista parou o carro e pediu apoio de um veículo policial que passava. Na revista foram encontradas pequenas quantidades de drogas. Oito foram detidos pela polícia.

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.