Araucária

Quarta-feira foi dia de mobilização contra o Aedes aegypti nos prédios públicos

Essa quarta-feira (09) foi dia de mobilização contra o Aedes aegypti nos prédios públicos de Araucária. Os pontos programados para autovistoria foram as unidades de saúde e teve também visita dos agentes de combate a endemias no prédio da Prefeitura, CSU, CAIC, Parque Cachoeira, Câmara Municipal, Complexo São Vicente, Secretaria de Obras e Secretarias de Agricultura e Cultura e Turismo, além do Cemitério Central.

Os agentes de combate a endemias e outros profissionais de saúde têm realizado todo mês ações para reforçar a luta contra o Aedes aegypti e assim combater as doenças a ele relacionadas: zika, dengue e chikungunya. “A ideia segue a proposta de instituição do Dia de Ação Contra a Dengue, estabelecido pelo estado conforme a Lei 17.675/2013. Como fazemos orientação e inspeção em diversos pontos do município e os prédios públicos fazem parte da meta de ação, um dos dias foi escolhido para trabalhar com esse público”, explica a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Alexsandra Tomé.

Os agentes de combate a endemias relatam que aparentemente o público está preocupado com as doenças que o mosquito transmite, mas os cuidados ainda podem ser ampliados. Ao redor do CSU, por exemplo, os profissionais mostram o descuido que alguns transeuntes deixaram para trás, como embalagens de salgadinhos e de refrigerantes. “Basta juntar um pouco de água para o mosquito se reproduzir, uma tampinha que seja. Todos precisam colaborar para que isso não ocorra. Pelo que vimos a piscina aqui está tratada com cloro, a água cristalina, sem chance para o mosquito se desenvolver”, relata a agente Jocilene Gomes de Queiroz.

Nas unidades básicas de saúde (UBSs) foram realizadas vistorias nas áreas externas e internas dos prédios, orientações nas salas de espera para o público, assim como no terminal de ônibus do Vila Angélica e em alguns equipamentos sociais da área de abrangência das UBSs. Quem tiver dúvidas ou quiser fazer pedidos de vistoria relacionadas a suspeitas de focos de Aedes aegypti pode entrar em contato com o Disque Dengue pelo telefone 0800-643-3005.

Você sabe como proceder para eliminar os focos do mosquito?

  • Lavar as bordas dos recipientes que acumulam água com sabão e escova/bucha;
  • Jogar as larvas na terra ou no chão seco;
  • Para grandes depósitos de água e outros reservatórios de água para consumo humano é necessária a presença de agente de saúde para aplicação do larvicida;
  • Em recipientes com larvas onde não é possível eliminar ou dar a destinação adequada, colocar produtos de limpeza (sabão em pó, detergente, desinfetante e cloro de piscina) e inspecionar semanalmente o recipiente, desde que a água não seja destinada a consumo humano ou animal. Importante obter orientação com um agente de saúde para realizar o tratamento com larvicida.

  • Confira aqui um check-list de ações que podem ser feitas na sua casa ou no seu trabalho para ajudar a manter o ambiente livre do Aedes aegypti.

SMCS / Foto Carlos Poly

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.