Paraná

Propostas para ponte de Guaratuba são abertas

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) abriu ontem os envelopes com as propostas de preços para elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da construção da Ponte de Guaratuba. O teto para a execução dos serviços era de R$ 919,9 mil e o maior desconto foi de 25%.
O edital prevê uma ponte com aproximadamente 800 metros de extensão e seus acessos, estimados em 2 mil metros. A ganhadora terá 270 dias para realizar estudos – ambientais, de tráfego, de traçado, de engenharia da obra de arte especial e socioeconômicos – e apresentar alternativas para a obra com seu custo x benefício.
Duas empresas participam do processo: a ECR, de São Paulo, que propôs R$ 689,8 mil, e a Engemin, de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, que apresentou o valor de R$ 832,8 mil. O DER-PR planeja anunciar a vencedora até o final de março, mas esta licitação não se baseia no critério de menor preço. Conforme o edital, o resultado final vai levar em consideração tanto a nota técnica quanto o preço.
As duas concorrentes apresentaram as propostas técnicas no dia 22 de dezembro do ano passado. No dia 29 de janeiro de 2018, foram publicadas no Diário Oficial as notas técnicas, que levaram em conta a avaliação da experiência profissional e capacidade das empresas na execução de trabalhos semelhantes ao objeto do edital. A Engemin obteve 99,2 pontos e a ECR, 89,6.

 

BEM PARANÁ

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.