Araucária

Projeto pretende criar Orquestra de Cordas em Araucária

Idealizadores e integrantes do projeto Orquestra Emoção e Sensação Musical estiveram no Paço Municipal na manhã de hoje (06) para apresentar o seu trabalho e buscar patrocinadores. Com o apoio da Prefeitura, o projeto, por meio da Lei de Incentivo a Cultura Federal – Lei Rouanet, pretende criar uma Orquestra de Cordas em Araucária. A intenção é atender 120 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social em cursos de violino, viola, violoncelo, Educação Musical e Apreciação Musical. As oficinas serão semanais e terão duração de dez meses.

No momento, a Prefeitura e a Companhia de Desenvolvimento (CODAR) estão ajudando a abrir portas com os empresários do município para divulgar o projeto e captar recursos. Quando o projeto estiver em andamento, o apoio virá com infraestrutura (salas para aulas e ensaios, por exemplo), pessoal e deslocamento de alunos para eventos que possam surgir durante o projeto, como concertos, apresentações e palestras. “Abracem o projeto e ajudem, porque as crianças do município têm muito a ganhar”, disse aos presentes a secretária de Cultura e Turismo, Irene Olbre Zanon.

O diretor do projeto, Ben Hur Cionek, comentou que as empresas que se tornarem parceiras terão seu investimento deduzido pela isenção no fisco (até 4% do imposto devido) e suas logomarcas impressas nos materiais de divulgação. Ele falou ainda de uma contrapartida de sustentabilidade do projeto. “A ideia é plantar uma araucária para cada participante envolvido, seja profissional, aluno ou empresa parceira, e que isto sirva como o símbolo de uma semente que está sendo plantada e que um dia irá crescer”, disse.

SMCS / Foto Carlos Poly

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.