Curitiba

Projeto do Caximba é apresentado à Cátedra Curitiba

O projeto de transformação do bairro do Caximba foi a pauta da quarta live da Cátedra Curitiba, transmitida pelo canal de YouTube da PUCPR, na noite de terça-feira (20). A maior intervenção socioambiental da cidade nos últimos anos conta com investimentos de € 47,6 milhões (euros), dos quais € 38,1 milhões da Agência Francesa de Desenvolvimento e € 9,5 milhões em contrapartidas do município.

Na apresentação, os responsáveis pelo Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba junto ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Mauro Magnabosco e Daniela Tahira, destacaram que a parceria com a comunidade local e a atuação conjunta dos órgãos municipais é o destaque para o bom andamento dos trabalhos. A live foi mediada pela professora do Multicom e mestre em Comunicação e Política Lenise Klenk. “A gente tem uma atuação bem próxima da comunidade e essa presença na área já existe desde o início. Até aqui isso foi essencial para que fosse garantido esse congelamento da área que é sensível a invasões. A própria comunidade conhece o projeto e a sua importância e consegue defendê-lo”, explicou a arquiteta do Ippuc.

Um dos casos em que a importância dessa relação pode ser observada, segundo Daniela, foi a ação integrada de realocação de novos habitantes que haviam chegado à região. Em conjunto com a comunidade e ONGs, 70 famílias puderam ser realocadas ao Sul da Caximba, como também outras 20 famílias que estavam na beira do Rio Barigui.

O coordenador do projeto, arquiteto Mauro Magnabosco, ressaltou que o trabalho conta com ações em diversas frentes, que vão desde o reassentamento das famílias, definição de ruas compartilhadas, intervenções de drenagem a serem estabelecidas, entre outras, com foco na transformação do Caximba num bairro sustentável nos aspectos social e ambiental.

As atividades têm a participação do Ippuc, da Companhia de Habitação Popular de Curitiba, das secretarias municipais de Obras, Meio Ambiente, Governo, Saúde, Segurança Alimentar e Nutricional, Educação e Defesa Social com o acompanhamento permanente da administração da Regional Tatuquara. “Ao longo desses quatro anos de atuação em torno do projeto do Caximba com nossa convivência com a comunidade trabalhamos para minimizar os conflitos de todas as formas. Foram em torno de 20 ou 30 reuniões com os moradores, núcleos familiares e grupos de vizinhança para apresentar e detalhar o projeto. Todos os moradores cadastrados receberam convites, participaram, tiraram dúvidas e fizeram sugestões. Várias dessas propostas foram levadas em conta no planejamento”, disse Magnabosco.

Na última edição da Revista Espaço Urbano, publicação do Ippuc, há uma reportagem dedicada ao Projeto Gestão de Risco Climático Bairro Novo do Caximba que pode ser acessada pela página www.ippuc.org.br ou diretamente neste link.  

Eventos abertos

A Cátedra Curitiba faz parte de um acordo de cooperação entre a Prefeitura de Curitiba e a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), firmado em julho de 2020. Os projetos que envolvem a cátedra são orientados pelo Ippuc em parceria com o Laboratório de Cidades da Escola de Belas Artes da PUCPR. Os eventos da Cátedra são abertos à comunidade e apresentados às terças, a partir das 19h30, pelo canal do YouTube da PUCPR, onde também é possível acessar os conteúdos apresentados anteriormente.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.