Araucária

Programa Saúde em 1º Lugar mostra bons resultados em Araucária

saúde-em-primeiro-lugar-700x466

O Programa Saúde em 1º Lugar, lançado pela Prefeitura de Araucária no aniversário da cidade já está trazendo bons resultados para os usuários do sistema público de saúde do município. Com menos de um mês em vigência, os atendimentos realizados já diminuíram bastante a fila de espera para algumas especialidades.

As filas de angiologia, ortopedia e cardiologia foram as que mais tiveram impacto nesse primeiro momento, caíram praticamente pela metade. “Está fluindo muito bem, eu diria até que está além do esperado. Os atendimentos foram feitos até agora pelo Centro de Especialidades Médicas e pelo Hospital Municipal, mas teremos a complementação de atendimentos com alguns serviços credenciados”, explica o secretário de Saúde, Dr. Rogério Kampa.

Para os próximos dias, estão sendo programados mutirões com consultas de neurologia adulto e oftalmologia, sendo disponibilizadas mais de 600 consultas por mês para essas duas especialidades. O objetivo do programa é zerar as filas para realização de alguns exames e especialidades médicas nos próximos seis meses.

Porcentagem da redução das filas em decorrência do programa*

Alergologia: 17%

Angiologia: 50%

Cardiologia: 50%

Gastroenterologia: 10%

Geriatria: 17%

Hematologia: 13%

Neuropediatria: 27%

Ortopedia: 48%

Otorrinolaringologia: 20%

Pneumologia: 15%

Reumatologia: 40%

* Dados referentes a 20 dias de execução do Saúde em 1º Lugar.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.