Paraná

Procon-PR orienta sobre golpe por transferências do PIX

A tecnologia sem dúvida é uma grande aliada nos dias atuais e facilita a vida de muita gente, mas todo o cuidado é pouco com os golpes digitais. O Procon-PR, órgão vinculado à Secretaria Estadual da Justiça, Família e Trabalho, orienta o consumidor sobre os cuidados que devem ser tomados com os golpes, agora através do PIX.

O PIX é um meio de pagamento eletrônico do Brasil lançado oficialmente em outubro de 2020. O crime relacionado ao PIX funciona quando algum golpista consegue invadir a conta do WhatsApp (seja por algum link que o usuário entrou ou algum dado pessoal que foi disponibilizou por alguma mensagem ou ligação) e manda mensagem para seus contatos pedindo alguma transferência via PIX.

“Para evitar essa situação os cuidados devem ser redobrados com os pedidos de dinheiro através de mensagens pelo celular. Deve-se sempre checar a autenticidade do solicitante”, afirma o secretário da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

A diretora do Procon-PR, Claudia Silvano, destaca que as transferências pelo PIX são feitas em até 10 segundos e isto dificulta e muito reverter a situação. “Em casos de dúvidas sobre a garantia de seus direitos, orientamos que o consumidor procure o Procon-PR”, alerta.

CANAIS PARA ATENDIMENTO – O Procon-PR disponibiliza os seguintes canais de atendimento:

Consumidor.gov.br

Faça aqui sua reclamação – se a empresa reclamada não estiver na plataforma consumidor.gov.br

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.