Araucária

Procon Araucária orienta sobre cuidados nas compras de fim de ano

O tempo de festas se aproxima e, por isso, o Procon Araucária orienta os consumidores a redobrarem os cuidados durante as compras visando evitar problemas. Uma boa pesquisa de preços e também sobre a reputação do estabelecimento comercial pode ser determinante para se fazer um bom negócio. O Procon Araucária está à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas.

A principal orientação é vigiar a evolução do preço do produto interessado. É comum que o preço seja elevado antes da promoção para depois parecer que teve um grande desconto. Há sites que comparam preços e podem ajudar o consumidor nesta pesquisa.

Para compras via internet é importante se certificar de que o site da compra é realmente o do estabelecimento. Golpistas se aproveitam do período para coletar dados (incluindo senhas) e conseguir dinheiro por meio de páginas falsas muito parecidas com as reais. Por isso, é importante desconfiar daquela “promoção imperdível” que aparece em publicações de redes sociais; conferir bem se é real. O barato pode sair caro. Tirar “print” da página da compra é uma precaução caso seja necessário questionar depois. O print também pode ajudar nos casos em que a empresa não cumprir o prazo de entrega do produto.

Direito ao arrependimento – O artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor (CDC) prevê que “o consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio”. As comprar via internet também estão incluídas neste direito. O CDC (art. 26) prevê o direito a reclamar de danos e defeito de fabricação no prazo de 30 dias para bens não duráveis e 90 dias para bens duráveis; o prazo começa a contar “a partir da entrega efetiva do produto ou do término da execução dos serviços”.

Venda casada – O consumidor também não deve aceitar a chamada “venda casada” que, segundo o art. 39 do CDC, “trata-se de condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço”. A venda casada também ocorre quando, sem justa causa, a venda está condicionada à quantidade do produto.

A forma de pagamento também é importante para definir o grau de segurança da compra para o consumidor. O Procon Araucária explica que a compra via cartão de crédito é mais segura porque é mais fácil para realizar o estorno (retomar o valor pago em caso de problema). No caso de pagamento via boleto pode ser mais difícil recuperar o dinheiro pago.

Consumidor – O site consumidor.gov.br é uma ferramenta muito útil para o consumidor saber mais sobre as empresas e registrar reclamações. O serviço público voltado para solução alternativa de conflitos de consumo via internet possui dados como o histórico de reclamações registradas, índice de solução e satisfação dos clientes. É importante ressaltar que este site não substitui o serviço prestado pelos Órgãos de Defesa do Consumidor.

Para garantir seus direitos é fundamental que o consumidor exija e guarde a nota fiscal do produto ou serviço contratado. Inaugurado no início deste ano, o Procon Araucária está situado à Rodovia do Xisto, nº 5815, Sabiá, e atende das 8h às 14 horas. Mais informações: 0800-643 2834.

 

smcs

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.