Araucária

Procon Araucária e Ministério Público entram com processo para apurar valor exorbitante em contas da Sanepar

Com o registro de 74 reclamações de moradores de Araucária, o Procon Araucária e o Ministério Público entraram, nesta semana, com um processo contra a Sanepar para que seja apurado alta exorbitante no valor das contas de água. Os consumidores alegam que não fizeram uso de tanta água que justifique esse valor e que a empresa não responde aos questionamentos deles. Chama atenção o fato de que a região toda está passando por racionamento; o que, na verdade, reduz o fornecimento de água para a população.

Segundo o Procon Araucária, os moradores têm mostrado que o consumo alegado na conta está desproporcional com a média deles. Alguns valores estariam acima de 400% do valor convencional. Um dos registros no Procon Araucária é de um morador que pede uma releitura de consumo. Ele alega que nunca veio uma conta tão cara. Seu consumo, que é de R$ 150 a R$ 200, agora chegou a R$ 511, sendo que houve dias sem água por racionamento.

SEM SAIR DE CASA: Precisa registrar alguma situação no Procon? Acesse a plataforma consumidor.gov.br e relate o problema. Outra maneira de contato é o 0800-643-2834.

Prefeitura de Araucária

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.