Paraná

PRF flagra motorista bêbado que transportava 31 passageiros

No início da madrugada de segunda-feira (26), após denúncia de passageiro de que o motorista que dirigia o ônibus em que ele viajava, estava com sinais de embriaguez, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordaram o veículo. Através do teste do bafômetro, foi constatada a embriaguez e solicitada a troca do motorista, que seguiu viagem até Curitiba.

Na segunda-feira (26), por volta das 0h54, em Apucarana-PR, na BR-376, agentes da PRF abordaram um ônibus que fazia a linha Londrina – Curitiba, após denúncia de um passageiro que estava no ônibus, relatando que o motorista estava com sinais claros de embriaguez.

Durante a abordagem, foi verificado que o motorista, de 34 anos, apresentava sinais evidentes de embriaguez, como roupas desarrumadas, fala pastosa e olhos vermelhos. Ao ser submetido ao teste do bafômetro, foi confirmada a embriaguez.

Em razão disso, a empresa foi acionada para realizar a troca do profissional, sendo que o novo motorista foi submetido ao teste e liberado para seguir viagem até Curitiba.

Caso seguisse viagem, ele seguiria por trechos de serra até chegar em Curitiba, dentre eles a Serra do Cadeado, na região de Mauá da Serra, local com grande índice de acidentes e tombamento de veículos. Ele foi autuado administrativamente por dirigir sob a influência de álcool, em R$ 2.934,70 e terá seu direito de dirigir suspenso por 1 ano. Como o índice de álcool não atingiu o nível que é considerado crime, ele não foi preso. No posto da PRF, ele chegou a dormir enquanto a ocorrência era registrada.

 

PRF

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.