EsportesParaná

PRF fecha BR-277 e ciclista curitibano bate recorde mundial de velocidade; Veja o vídeo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) bloqueou a BR-277, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, por cerca de dez minutos na manhã deste domingo (27) para a realização de uma prova recordista mundial. O ciclista Evandro Portela é o profissional mais rápido em cima de duas rodas e atingiu a velocidade de 202 km/h, ainda de maneira informal. O desafio, no vácuo de um carro em alta velocidade, teve apoio também da concessionária Ecovia, Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PR), e Prefeitura de São José dos Pinhais.

As equipes iniciaram os trabalhos de bloqueio no início da manhã e a interdição efetiva iniciou no quilômetro 63 e terminou no 74. A concentração foi próxima a avenida Renault e reuniu diversos curiosos. A PRF afirmou que a equipe de batedores realizou acompanhamento e escolta por aproximadamente dez minutos, das 7h30 até as 7h40. Um helicóptero da PRF acompanhou o trajeto, com voo alto para que a proximidade da aeronave não prejudicasse o desempenho do atleta.

Para a Banda B, o ciclista de 40 anos, que há 20 participa de eventos profissionais, começou o preparo para o recorde há três anos e meio. “Esse sonho é desde de criança, veio, cresceu, fizemos um projeto há quatro, conseguimos chegar a essa velocidade. O recorde mundial é meu, com força humana, saímos parado e atingimos a velocidade de 202 km/h em 13 quilômetros”, revelou.

O ciclista disse à Banda B que o recorde foi batido mesmo com ventos a 25 km/h contra ele. “O batimento cardíaco estava elevado, pensei em desistir, mas como a gente fez uma manobra muito grande, com apoiadores e tudo mais, tínhamos que ir até o final”, contou.

O atleta possui no currículo 16 anos (1990 – 2006) de carreira profissional, com cinco temporadas no Circuito Europeu e 10 anos entre os 10 tops ciclistas das Américas. Entre importantes competições mundiais estão participações na Vuelta Espanha e Volta a Portugal. Entre as conquistas: Campeão  do Tour Del Leste da França, em 1997; 3º colocado geral da Vuelta a Madri 1997, 5 vezes campeão geral na Volta de Santa Catarina, passando pela a temida serra do rio do rastro, Campeão Brasileiro de Pista 4×4000, entre outros.

Desafio

Portela iniciou pedalando e ganhando velocidade sozinho, até que um carro adaptado ultrapassou a velocidade de 50 km/h. Nesse momento, o ciclista entra no vácuo atrás do carro e, desta forma, ganharam velocidade até chegar a 202 km/h. O carro usado foi um Subaru WRX 4X4 350 CV turbo, pilotado por um motorista com experiência, justamento porque qualquer movimento brusco ia desestabilizar o profissional. “É estruturado com uma carenagem de acrílico  para que eu entre no vácuo e quebrando a barreira do vento”, explica o atleta.

O equipamento de Evandro também foi especialmente preparado para a ocasião. Todos os rolamentos da bicicleta são de cerâmica, que não têm atrito e suportam velocidades maiores. A roda da frente é de alumínio, mais pesada e, portanto, mais estável do que uma de carbono. Os raios da roda traseira são achatados e oferecem pouca resistência com o ar. A roupa foi desenvolvida para cortar o vento, pela Mauro Ribeiro Sports. Os pneus utilizados são o Grand Prix 4-Season, da Continental, com alta tecnologia em segurança, podendo passar por cima de cacos de vidro e de pedras que não furam.

 

 

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.