AraucáriaPolícia

PRF apreende quase 1 tonelada de maconha em Araucária; vídeo

Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta tarde (5), em Araucária (PR), 859 quilos de maconha, 6,6 quilos de skunk e 1 quilo de “haxixe marroquino”, que eram transportados numa caminhonete com placas do Paraguai, que era transportada em um guincho.

Em uma operação de combate à criminalidade orientada pelo serviço de inteligência da PRF, policiais rodoviários federais interceptaram um motorista de guincho que transportava uma GM S10, transitando na BR-476. A suspeita era que o veículo estaria sendo utilizado por criminosos.

Dentro do veículo, no porta-malas e sobre os bancos, os policiais encontraram diversos tabletes de maconha, que pesados somaram cerca de 859 quilos de maconha, 6,6 quilos de skunk (uma variedade mais potente de maconha) e 1 quilo de “haxixe marroquino”, que tem um alto teor de concentração do princípio ativo da maconha, distinguindo-se dos demais pelo seu sabor picante, refrescante, ou doce, de acordo com o tipo do cultivo. A droga é uma das mais consumidas na Europa e tem alto valor de mercado.

Diante dos fatos, o traficante e o motorista do guincho foram detidos e encaminhados, junto com a droga, para a Polícia Civil para o registro do crime de tráfico de drogas. O prejuízo aos cofres do crime organizado chega próximo de R$ 1 milhão.

PRF

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.