Curitiba

Por precaução, Curitiba suspende temporariamente cirurgias eletivas

A Secretaria Municipal da Saúde definiu em conjunto com os 12 hospitais parceiros do SUS em Curitiba a suspensão temporária das cirurgias eletivas, aquelas que não são urgentes. A medida, acordada nesta segunda-feira (16/11), se deu em razão do aumento de novos casos de covid-19, que podem impactar em aumento nos internamentos.

Desde a semana passada, a cidade vem registrando aumento de novos casos, cerca de 750 casos por dia. Nesta segunda-feira, o número de casos ativos chegou a 6.849.

 “Com a experiência sobre o comportamento da doença e com os casos novos, é possível que tenhamos um aumento de internamentos na próxima semana e a medida é de precaução para tenhamos um pouco mais de leitos de covid-19 disponíveis e que ninguém fique sem assistência”, disse Márcia Huçulak, secretária municipal da Saúde de Curitiba.

Aumento nas UPAs

Após uma sequência de queda nos internamentos, a ponto de serem desativados 72 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19, o movimento de pacientes com sintomas respiratórios nas nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) vem aumentando, especialmente depois do feriado de 2 de novembro.

Na semana de 2 a 8 de novembro foram 6.752 atendimentos de sintomas de covid-19 nas UPAs. Na semana seguinte, entre os dias 9 e 15, foram 8.300 atendimentos.

“Esse aumento também na procura pelo serviço certamente se refletirá em mais internamentos, portanto, já estamos nos adiantando”, afirma Márcia Huçulak.

SMCS

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.