BrasilFamosos

Polícia indicia motorista de Cristiano Araújo por duplo homicídio culposo

A Polícia Civil de Goiás divulgou, nesta quinta-feira (10), o resultado das investigações sobre o acidente de carro em que morreram Cristiano Araújo e a namorada, Allana Moraes, em junho deste ano. Segundo o delegado responsável pelo caso, Fabiano Henrique Jacomelis, o motorista Ronaldo Miranda vai ser indiciado pelo crime de duplo homicídio culposo, quando não há a intenção de matar, como já vinha sendo cogitado.

“Foram determinantes para a tragédia ocorrida o excesso de velocidade na rodovia, a troca das rodas originais do veículo por outras danificadas e a ausência do cinto de segurança no Cristiano e na Allana”, contou Jacomelis, ao EGO.

Um laudo feito pela montadora Land Rover, fabricante da Range Rover usada no acidente, apontou que o carro estava a 179 km/h no momento do acidente, sendo que a velocidade máxima no trecho da rodovia onde ele aconteceu é de 110 km/h.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.