Paraná

Polícia conclui inquérito do Caso Rachel e suspeito é indiciado por homicídio e outros dois crimes

Após mais de 11 anos de espera, a Polícia Civil concluiu nesta quarta-feira (27) o inquérito sobre a morte da menina Rachel Genofre, que foi encontrada morta dentro de uma mala na Rodoferroviária de Curitiba. O suspeito, Carlos Eduardo dos Santos, foi indiciado pelos crimes de tentativa de estupro, atentado violento ao pudor e homicídio triplamente qualificado pelo meio cruel, ter impossibilitado a defesa da ofendida e para assegurar a impunidade dos crimes sexuais.

De acordo com o delegado Marcos Fontes, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a conclusão do inquérito busca trazer tranquilidade para a sociedade paranaense, em especial para a família da menina Rachel. “Houve a possibilidade de se identificar o suspeito, ele está preso, mas também representamos pela prisão preventiva, uma vez que se ele for colocado em liberdade, vai voltar a delinquir. Sabemos que na rua, é uma pessoa que estará disposta a cometer outros crimes e temos também que evitar que ele fuja”, explicou.

O inquérito foi encaminhado para o Ministério Público do Paraná (MP-PR), que deve agora oferecer denúncia contra Carlos Eduardo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), Carlos Edurdo foi identificado graças ao Banco Nacional de Perfis Genéticos (BNPG). O material genético encontrado na mala de Rachel é compatível ao deste homem que está preso no estado de São Paulo desde 2016. Investigado por vários crimes, o suspeito morava a cerca de 700 metros de distância do Instituto de Educação, escola que Rachel estudava na época do crime.

A investigação aponta para vários crimes contra Carlos Eduardo, sendo o primeiro registro de 1985. Entre os delitos, estão seis estupros, sendo a maioria contra crianças e adolescentes.

Com a identificação, a família de Rachel espera que Carlos Eduardo vá a júri popular.

Banda B

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.