Paraná

Polícia Civil lança “2ª Via Fácil” com atualização da foto do RG

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) lançou a 2ª Via Fácil, primeira ferramenta do gênero no país, que permite ao cidadão fazer remotamente o pedido de uma nova carteira de identidade, enviando uma foto da câmera do celular ou do computador, sem precisar ir até um posto de atendimento. O lançamento foi terça-feira (20).

O secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, afirmou que a medida é mais um resultado positivo do trabalho desempenhado pela PCPR. “Procuramos sempre fornecer o melhor serviço possível ao cidadão paranaense. Atuamos de forma incansável para possibilitar qualidade nas ações desenvolvidas. É um serviço inovador no Estado, que trará muitos benefícios para a população, além da praticidade para todos que necessitem da atualização da foto do RG”, disse.

A solicitação pode ser feita pelo endereço www.institutodeidentificacao.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=61. Na aba ‘serviços’, o usuário encontrará o campo ‘carteira de identidade’.

As pessoas que confeccionaram a última carteira de identidade a partir de 2012 e que tiverem pelo menos 16 anos de idade poderão fazer a atualização remota da fotografia. Para os usuários que possuem registro geral emitido antes de 2012, o sistema informará se será possível fazer a 2ª via fácil ou se precisará agendar.

A necessidade de ir até o posto continuará para aqueles que não possuem os dados de foto e impressões digitais no sistema. A 2ª via fácil tem custo de R$ 36,72. Nos casos de perda e extravio, o cidadão deverá solicitar apenas a reimpressão do documento.

Para o delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, a modernização do sistema tem o objetivo de prestar serviços cada vez com mais excelência à população. “O objetivo é que todos consigam ter acesso a esses serviços essenciais e, muitas vezes, urgentes, de maneira prática e rápida”, afirma.

DESAFOGAR – A 2ª Via Fácil foi desenvolvida pela PCPR e a Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar). A ferramenta permite a uma nova via do documento, inclusive com novo layout, por meio da atualização da foto. O próximo avanço, já planejado, deverá ser o da atualização remota, também, de dados.

Segundo o delegado da Marcus Michelotto, é comum haver demanda para que as pessoas renovem o registro geral por causa da foto antiga. “Apesar de o RGs não ter prazo de validade, os estabelecimentos comerciais, cartórios, bancos e até outros países pedem os documentos atualizados”, explica. 

A nova ferramenta oferecerá conforto e agilidade para que o cidadão faça o procedimento. “É um serviço pioneiro, oferecido pelo governo do Estado. Não existe no Brasil essa modalidade e estamos dando um salto para desafogar a demanda de requerentes que temos em nossos postos”, ressalta.

AEN

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.