Paraná

Pesquisa mostra que 88% dos consumidores do sul pretendem economizar no 2° semestre

Pesquisa divulgada nesta terça-feira (28) pela Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi) aponta que 88% dos consumidores do sul não irão tomar crédito em 2015 e pretendem economizar no segundo semestre.

A pesquisa ouviu mais de 1000 pessoas em todo país, com idade entre 18 e 65 anos e apontou aumento de 88% ante 86%, em abril, na intenção de não fazer um financiamento em 2015. A grande maioria, 67%, está preocupada com relação ao futuro. Em segundo lugar, os otimistas, totalizam 16% dos pesquisados. Pessimismo ficou em terceiro lugar com 13%.

Para aquisição dos bens, 36% irão buscar como forma de financiamento o crédito automotivo, 32% optariam pelo imobiliário, 30% dos entrevistados irão optar pelo crédito direto ao consumidor (CDC), e 27% pelo consignado.

A grande maioria (91%) disse que a inflação impacta na decisão quanto a novos financiamentos e que já estão mudando os padrões de consumo.

Otimismo e endividamento do consumidor

O levantamento constatou que 66% das pessoas declararam ter dívida de cartão de crédito, 30% de carnê/boleto, 39% de financiamento de carro, 27% de financiamento imobiliário, 18% de CDC, 2% de leasing e 18% declaram ter outros tipos de dividas.

Diminuiu modestamente a porcentagem dos consumidores que acredita que o crescimento do país vai piorar (66%/jul), contra (64%/abr) e 34% em 2014.

Quando questionados sobre “Se a inflação tem impactado seu padrão e consumo?” 91% responderam que sim e apenas 9% disseram que não.

BandaB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.