Polícia

Passageira que dormiu a caminho do Centro acorda com importunação sexual dentro de ligeirão

Um homem de 26 anos foi detido por suspeita de importunação sexual contra uma mulher dentro do transporte coletivo. A situação foi atendida pela Guarda Municipal na manhã desta terça-feira (22), no Centro de Curitiba.

A vítima estava dormindo em um dos bancos da linha Ligeirão Boqueirão. “De acordo com o relato, quando acordou, ela percebeu que o indivíduo estava tendo condutas inapropriadas próximo ao rosto dela”, conta o guarda municipal Alexandre Daniel Padilha.

“A equipe estava em patrulhamento em uma rua próxima ao local quando um cidadão pediu apoio. Então, nos dirigimos até lá e demos voz de prisão ao indivíduo”, acrescenta o guarda.

O homem tem antecedentes criminais por roubo, furto e estupro. Ele foi levado até o 1º Distrito Policial (DP) com a vítima e uma testemunha para as medidas cabíveis.

Atendimentos

Desde janeiro, a Guarda Municipal atendeu a 62 ocorrências de importunação sexual em transporte coletivo.

Para denunciar, a vítima ou uma testemunha podem ligar para o telefone 153 da Guarda Municipal. A orientação é que a denúncia seja feita ainda no transporte coletivo para que a abordagem possa acontecer antes do desembarque.

O cidadão pode repassar informações como as características e roupas do suspeito, bem como a linha de ônibus e direção do veículo.

Banda B

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.