Paraná

Paranaenses aderem definitivamente ao desapego online

Em tempos de sustentabilidade, consumo consciente e crise econômica, o desapego está em alta não só em bazares e brechós físicos, mas, principalmente na internet. A OLX, um dos maiores sites de compra e venda do Brasil, registrou mais de 24 milhões de itens vendidos por meio da plataforma e o número de anunciantes ultrapassou os 16 milhões no ano passado, superando em 8% a quantidade de pessoas que venderam algum artigo em 2017. O Paraná aparece com destaque no balanço da OLX, em quarto lugar no ranking de estados com mais itens anunciados e vendidos em 2018, representando 6,74% do montante negociado no site no Brasil todo. Mas, o Paraná apresentou um aumento de 65% nas vendas pela plataforma de 2015 para 2018, um crescimento impressionante de 13,34% ao ano.

Segundo dados da própria OLX, o número de anunciantes paranaenses cresceu 33% de 2015 a 2018 e dos quatro estados com mais anúncios inseridos em 2018 (SP, RJ, MG e PR), o Paraná é o que possui melhor performance de venda. As categorias que mais tiveram itens vendidos no Paraná em 2018 foram — Eletrônicos e celulares (23,77%), Autos e Peças (21,29%) e Para a sua casa (19,74%).

“40% dos brasileiros já acessaram a plataforma com o intuito de adquirir algum item seminovo ou usado. Ao mesmo tempo, vemos cada vez mais pessoas dispostas a desapegar do que está parado em casa. Este cenário de consumo consciente beneficia o vendedor, que faz uma renda extra, o comprador, que adquire algo a um preço mais acessível, e gera movimentação financeira na economia”, comenta o vice-presidente executivo da OLX Brasil, Marcos Leite.

Os Estados que mais comercializaram produtos no último ano foram São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais com, respectivamente, 4,9 milhões, 2,1 milhões e 1,7 milhão de itens vendidos. Os três Estados também foram líderes em número de anunciantes: São Paulo (4,3 milhões), Rio de Janeiro (1,7 milhão) e Minas Gerais (1,4 milhão) cresceram 5,3%, 2% e 10,8% em relação a 2017, respectivamente.

Além da economia, artista vê histórias em roupas e objetos usados
A artista visual e professora Nicole Lima, 40 anos, é mais que uma usuária de sites de venda e compra, é uma fã. Ela conta que praticamente todos os móveis da sua sala foram comprados na OLX. “Sofá, rack e balcão, tudo eu comprei na OLX. Os preços são ótimos e acho o tipo de produto que gosto, no caso dos móveis, vintage. Não tenho o que reclamar. Normalmente, eu vendo as coisas em uma semana, mas já aconteceu de vender no mesmo dia. Quase sempre rola pedir e dar um bom desconto a vista. Só é difícil parcelar, porque é de pessoa física para física; Mas sempre encontrei pessoas muito simpáticas”, conta Nicole, que já fez amizades com vendedores e compradores.

Para Nicole, comprar móveis, objetos e roupas usados vai além da sustentabilidade e da economia: “Gosto de objetos seminovos porque eles vêm com histórias também. Gosto de saber de quem era. Eu compro roupas em brechós pelo mesmo motivo”. Foi assim com a cama da filha Elis, quando a menina cresceu. “Queria um quarto lúdico e especial para ela num momento difícil . De novo a compra e venda na internet nos salvou e por isso temos um carinho especial pela cama”, conta Nicole.
Nicole, aliás, tem uma loja de roupas usadas na plataforma Enjoei. “Vendi muita coisa lá, mais de R$ 4 mil em roupas. Nunca tive problemas graves nestes sites de seminovos. Já tive que fazer uma devolução, porque a blusa não serviu, mas não acho isso um problema. Em geral, as pessoas ficam muito felizes, a gente manda um bilhetinho para a pessoa junto com a roupa, uma vez recebi um email gigante de uma moça que comprou um vestido, só porque eu escrevi: boa primavera! Ela ficou tão feliz e emocionada que entrou em contato comigo, dizendo que o dia dela estava horrível e que quando o meu vestido chegou, mudou tudo”, relembra.

Top 5 categorias com mais anunciantes

Categorias total de anunciantes*
Autos e peças 41%
Eletrônicos e celulares 37%
Para a sua casa 25%
Moda e beleza 19%
Imóveis 16%

Compras

Top 5 categorias com mais itens vendidos na OLX

Categorias porcentual de itens vendidos
Eletrônicos e celulares 30%
Autos e peças 18%
Para a sua casa 18%
Moda e beleza 8%
Artigos infantis 5%
Estados Representatividade dos estados
São Paulo 20%
Rio de Janeiro 9%
Minas Gerais 7%
Paraná 7%
Amazonas 6%

 

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.