Paraná

Paraná assume o primeiro lugar em órgãos para transplante no Brasil

O Paraná é o 1º lugar em doação de órgãos para transplante em 2018, de acordo com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO). Para celebrar a marca, será feita, hoje, uma homenagem aos profissionais envolvidos no processo de doação e às famílias que autorizaram as doações. O evento contará com a presença do secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi, e acontece no Salão de Atos do Palácio Iguaçu, às 10 horas.

No Estado são 44,2 doadores efetivos por milhão de habitantes, seguido de Santa Catarina (33,7) e Ceará (29,7). No mesmo período, o Estado ficou com o 1º lugar em transplante de rim e 3º lugar em transplante de fígado.

O Paraná fechou o ano passado com o segundo melhor índice no ranking dos estados, com 37,7 doadores por milhão de habitantes, atrás apenas de Santa Catarina (38) e à frente de São Paulo (22,7). A meta, então, era ocupar o primeiro lugar. Para cumprir com este desafio, o Estado conta com a participação de 67 Comissões Intra-hospitalares de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes, as chamadas CIHDOTTs. Essas equipes desempenham papel fundamental na identificação de potenciais doadores e na sensibilização de seus familiares.

A coordenação de todo o processo fica a cargo da Central Estadual de Transplantes, auxiliada pelas quatro Organizações de Procura de Órgãos (OPOs) – localizadas em Londrina, Maringá, Cascavel e Curitiba. Além disso, compõe o Sistema Estadual de Transplante equipes transplantadoras, laboratórios de histocompatibilidade, bancos de tecidos e câmaras técnicas de órgãos.

Recordes
No ano passado o Estado também bateu recordes na doação de órgãos, confirmando as boas estatísticas do Paraná. Na comparação com 2016, o Estado teve um crescimento de 12,5%, passando de 718 para 808 transplantes de doadores mortos realizados. Se comparado com o ano de 2010, quando houve 184 procedimentos no Paraná, o aumento e chega a 340%.  Também foram realizados mais transplantes de rins (482), fígado (265) e coração (39).

Além dos órgãos, tecidos como a córnea, pele, ossos, valvas cardíacas e tendões também podem ser doados. Todas as doações são feitas por meio do Sistema Estadual de Transplantes.

 

BEM PARANÁ

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.