Paraná

Para ajudar a economia, deputado do PR quer concentrar feriados às segundas

O deputado federal Marcelo Belinati (PP-PR) apresentou à Câmara de Deputados projeto de lei que pretende antecipar a comemoração de feriados para as segundas-feiras. De acordo com a proposta – com exceção de 1.º de janeiro, Sexta-feira da Paixão, Corpus Christi, Finados e Natal – todos os feriados deverão ser comemorados no início da semana, para não gerar prejuízos à economia. De acordo com a justificativa do projeto, as dificuldades econômicas do país poderiam ser minimizadas caso feriados prolongados fossem evitados.

O deputado argumenta ainda no texto do projeto que a proposta beneficiaria tanto o setor produtivo quanto o trabalhador. “Não só a economia, mas o próprio trabalhador seria beneficiado com a medida, pois o deslocamento do feriado de meio de semana para as segundas-feiras proporcionaria a ele uma oportunidade melhor de descanso com seus familiares, onde poderiam até programar pequenas viagens”, diz o projeto.

De acordo com o parlamentar, os dias emendados pelos feriados no meio da semana fazem com que a indústria brasileira perca cerca de R$ 64 bilhões por ano – segundo dados da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). “Esse montante equivale a duas vezes o que o governo quer arrecadar com a volta da CPMF”, disse. Com a volta do imposto, o governo pretende arrecadar R$ 32 bilhões.

Para Belinati, o projeto de lei reacende a discussão sobre a quantidade de feriados no país e o impacto deles para a economia. “Num momento de crise, o Brasil inteiro perde com os dias parados”, afirmou.

 

Gazeta do Povo

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.