Paraná

‘Pacotaço’ mistura medidas ruins e boas

alep_interna

Fontes do governo do Paraná e deputados da base aliada admitem que um dos principais erros do “pacotaço” enviado à Assembleia Legislativa foi ter misturado mais de uma dezena de assuntos complexos e totalmente distintos em apenas dois projetos de lei. E, um erro maior ainda, foi ter tentado aprová-los na base do tratoraço, em menos de uma semana de tramitação. O resultado foi que as medidas de uma maneira geral − mesmo as propostas positivas − receberam o carimbo de prejudiciais à população e ao funcionalismo público. O secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, porém, garante que todas elas são benéficas e já deram certo em outros estados e mesmo na União. “Não tem nenhuma jabuticaba paranaense [no ‘pacotaço’]”, afirmou. A reportagem da Gazeta do Povo foi buscar esses precedentes e ver os prós e contras de cada um deles. Leia abaixo:

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.