Araucária

Oficina de leitura recebe doação de livros em Araucária

39_doacao_livros_smsa2Ler ou folhear um livro estimula sensações. E foi com um largo sorriso estampado no rosto que um grupo de crianças que participa da oficina de leitura promovida pela equipe de Fonoaudiologia da Secretaria de Saúde recebeu a doação de aproximadamente 400 livros (entre literatura infanto-juvenil, para colorir e gibis) e alguns fantoches feita pelo Curso Intensivo Vivencial do Casamento (CIVC). A entrega aconteceu na tarde de ontem (28), na Unidade Básica de Saúde da Família do Tupy, e os exemplares serão distribuídos entre as unidades que realizam a oficina de leitura.

Segundo Evelin Meger, coordenadora de Fonoaudiologia da Prefeitura, os livros doados serão de grande importância. “A doação foi muito bem-vinda; é uma alegria ver a carinha das crianças e só temos a agradecer. O foco da oficina de leitura é a prevenção e, além da fonoaudióloga, uma psicóloga também participa, então, em alguns casos, é possível identificar e resolver situações sem que a criança precise passar por uma consulta ou um tratamento”, disse.

Para Joseana Fontoura, coordenadora do CIVC, que é uma entidade sem fins lucrativos de apoio às famílias e que trabalha de forma voluntária, a doação é uma forma de incentivar o hábito de ler, principalmente entre as crianças, já que o livro é um importante recurso de aprendizagem. “A leitura ajuda no desenvolvimento da comunicação. Hoje todos têm acesso a diferentes tecnologias e tanta informação pode ser perigoso, por isso faz-se necessário e urgente esse resgate dos livros, do contator de histórias e desse contato das crianças com os livros de papel”, comentou.

Um dos participantes da oficina de leitura da unidade de saúde do Tupy, de 8 anos, contou que começou a frequentar as atividades há mais de um ano porque trocava a letra “r” pelo “l”. “Eu não conseguia falar o nome do meu irmão e de uma das minhas irmãs. Hoje eu ainda me confundo às vezes, mas já sei falar certo”, explicou. Ao ser perguntado sobre quais outras palavras ele já pronuncia corretamente, a primeira resposta foi: “livro”. “Gosto muito de vir aqui. Estou muito feliz”, revelou o garoto.

Como participar

A oficina de leitura acontece nas Unidades Básicas de Saúde e Unidades Básicas de Saúde da Família do município. Para participar não é necessário se inscrever, nem passar por uma consulta antes; basta comparecer à unidade e verificar os horários. Apesar das crianças serem maioria entre os participantes, a oficina é aberta a todos. “Muitos pais participam acompanhando seus filhos. O objetivo da oficina é promover o letramento entre a comunidade, diminuindo as dificuldades decorrentes de falhas neste processo, bem como aspectos da comunicação oral e escrita e de comportamento, entre outros”, disse a coordenadora de Fonoaudiologia da Prefeitura.

SMCS / Foto Carlos Poly

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.