Paraná

Novo edital do metrô de Curitiba será lançado em até 90 dias

O secretário municipal de Planejamento e Administração, Fábio Scatolin, disse nesta segunda-feira (10) que o novo edital de licitação do metrô de Curitiba será lançado em até 90 dias. A afirmação foi feita à Comissão Especial do Metrô da Câmara Municipal, que acompanha todos os detalhes da implantação do modal na capital paranaense.

Orçado em R$ 4,7 bilhões, o projeto prevê 21 estações ao longo de 22,4 km da linha Santa Cândida-CIC/Sul. Mas o processo licitatório foi suspenso pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) em agosto do ano passado. O reinício do procedimento foi condicionado à reformulação de partes do edital, depois que os conselheiros do órgão questionaram o laudo ambiental, a ausência de pesquisa origem-destino e maior detalhamento do objeto do contrato.

Questionado pelos vereadores sobre a demora na retomada da licitação, o secretário explicou que os três pontos levantados pelo TCE foram respondidos pela Prefeitura de Curitiba e que a conclusão do edital depende apenas de definições relacionadas a questões macroeconômicas. Um exemplo são os marcos do aporte de recursos públicos.

Outro ponto ainda não definido é quem vai assumir a correção inflacionária sobre o valor da obra, já que o projeto será executado por meio de uma parceria público-privada (PPP). Segundo Fábio Scatolin, o orçamento da obra terá dois impactos inflacionários: referente à data base (setembro de 2013 até a realização da licitação; e ao início da obra até sua conclusão. “Não avançamos mais devido ao desequilíbrio fiscal. O momento não é favorável à retomada da licitação por causa do cenário econômico e político nacional”, informou.

Modal de alta capacidade

“A partir de 2025, nosso sistema [de transporte coletivo] não será mais suprido pelo BRT. O metrô vai transportar mais de 20 mil passageiros hora/sentido. Ele é extremamente viável e necessário para a mobilidade de Curitiba para os próximos 35 anos, cuja demanda será de 400 mil passageiros/dia no eixo norte-sul”, defendeu o gestor.

Ao ser perguntado se o projeto será prejudicado pelos cortes no orçamento da União, Scatolin garantiu que os recursos estão autorizados desde abril de 2014. Dos R$ 4,7 bilhões, R$ 1,8 bilhão é verba federal, R$ 700 milhões do governo do Estado, R$ 700 milhões da prefeitura e R$ 1,5 bilhão virá da iniciativa privada. “A gestão tem feito tudo para viabilizar o metrô. A expectativa é que o edital seja lançado em até 60, 90 dias”, finalizou.

 

cmc

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.