Araucária

Novo decreto sobre funcionamento de comércio e instituições em Araucária entra em vigor; bares abrem seguindo as orientações de saúde

A Prefeitura de Araucária publicou nesta quinta-feira (30) o decreto 34.798/20 que trata de orientações sobre medidas de enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19) em Araucária. O novo decreto tem vigência da data de publicação até 13 de agosto e tem conteúdo que já estava previsto no decreto 34.756/20 e no decreto 34.761/20. A diferença fica por conta da autorização para abertura dos bares. Mas eles precisam seguir as orientações de saúde e estão proibidos de funcionar no período da 0h às 6h.

Conforme o novo decreto, os bares podem ser abertos para comercialização e consumo desde que funcionários e frequentadores utilizem máscara quando não estiverem consumindo produtos. Há menção também sobre o distanciamento entre as mesas e a adoção dos procedimentos previstos na Resolução nº 01/2020, da Secretaria Municipal de Saúde. Permanecem suspensos: os clubes, jogos e competições esportivas; parques infantis e casas de festas e eventos; festas de qualquer natureza (baladas, casamentos, formaturas, aniversários e demais confraternizações); casas noturnas, boates e congêneres; reuniões e atividades realizadas em sociedades; o consumo interno em tabacarias (a venda pode ocorrer normal); consumo interno em distribuidora de bebidas (a venda pode ocorrer normal). Nos clubes sociais e esportivos, fica suspenso o funcionamento dos serviços e atividades citados anteriormente. Se for realmente necessário, as reuniões presenciais devem respeitar todos os cuidados de saúde, como o distanciamento e as práticas de higiene.

IGREJAS – Este novo decreto manteve a autorização para cultos e missas com público. Mas as instituições religiosas precisam atender às orientações de saúde propostas para evitar aglomerações e prevenir a transmissão e infecção pelo novo Coronavírus. Entre elas está que o espaço de celebração religiosa deverá ter, no máximo, 30% de ocupação por fiéis e é preciso garantir o afastamento de, no mínimo, 2 metros entre as pessoas (com demarcação nos bancos). Será preciso controlar a entrada e saída das pessoas e demarcação de distanciamento (mínimo de 2 metros) se houver fila.

As instituições religiosas também se comprometem a garantir as devidas condições de higiene do ambiente e higienização das mãos dos fiéis. Os fiéis, funcionários e colaboradores devem utilizar máscara quando estiverem fora de suas casas, inclusive durante as celebrações. O decreto alerta sobre evitar práticas de aproximação entre as pessoas e outras formas de contato físico (dar as mãos, beijos, abraços, apertos de mãos, entre outros). Está proibido o compartilhamento de materiais como bíblia, revista, rosário e outros; o uso desses materiais deve ser individual.

O decreto destaca que o responsável pelo templo deve orientar a todos os presentes sobre cuidados preventivos no cotidiano (como uso de máscaras e higiene das mãos) e a não comparecerem nas celebrações caso apresentem sintomas gripais (tosse, dificuldade para respirar, febre, entre outros) ou se foram diagnosticados como casos suspeitos ou confirmados de Covid-19. Os atendimentos individualizados dessas instituições devem ser pré-agendados e respeitar intervalo entre eles e distanciamento, conforme consta no decreto.

CUIDADOS BÁSICOS – Todos os estabelecimentos e instituições no município deverão, entre outros cuidados, observar as medidas sanitárias e intensificar as ações de limpeza, divulgar informações sobre a Covid-19 e das medidas de prevenção e também adotar medidas para evitar a aglomeração de pessoas. Há recomendação para que as crianças menores de 12 anos não frequentem os estabelecimentos comerciais e que o ingresso nos estabelecimentos seja apenas de uma pessoa por família. 
O uso obrigatório de máscaras, previsto na lei estadual nº 20.189/20, deve ser cumprido. Outro ponto reforçado no novo decreto é que as empresas de médio e grande porte devem cumprir as medidas previstas no decreto nº 34.608/20 (sobre medidas sanitárias).

Confira o texto completo do decreto: decreto 34798_2020


Resolução 01 – Secretaria Municipal de Saúde: CLIQUE AQUI

SMCS

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.