Araucária

“NOVELA INTEGRAÇÃO” – Nova linha Araucária / Pinheirinho continua somente na promessa

 

faleconosco
Por Aécio Novitski / Da redação

No último dia 15 de março, foi anunciada pelos prefeitos de Araucária e Curitiba uma possível solução para a integração entre as duas cidades. O acordo previa que, inicialmente, duas linhas que fazem o transporte local em Araucária fossem estendidas até o Terminal Pinheirinho, onde o usuário poderia fazer integração seguindo para qualquer ponto de Curitiba sem pagar nova passagem. Na prática, a parceria entre os dois municípios restabeleceria a integração em Araucária, onde o transporte foi desintegrado a partir do momento em que a Comec assumiu, em fevereiro, o gerenciamento do transporte metropolitano, antes feito pela Urbs. Segundo as prefeituras a linha iria funcionar em até 10 dias.
Nossa redação recebeu vários questionamentos de usuários perguntando sobre a nova linha anunciada. Em vários comentários os usuários argumentam que os dez dias já se passaram e nada foi feito. Nossa redação entrou em contato com a Prefeitura municipal que nos informou que uma série de impasses não estão permitindo que a nova linha entre em operação. Uma delas é a ameaça da empresa Araucária TC entrar na justiça bloqueando o novo trajeto, já que a empresa é a única habilitada para realizar viagens para fora do município.
Ainda segundo a Prefeitura municipal, reuniões estão sendo realizadas com a COMEC e a proposta da volta total da integração está sendo discutida, assim a CMTC arcaria com 50% do valor destinado ao transporte metropolitano e a integração voltaria como era no início do ano. Nossa redação tentou contato com a COMEC que não retornou nossos e-mails.  Abaixo segue a nota oficial da Prefeitura de Araucária.
NOTA OFICIAL
Em relação ao acordo entre a Prefeitura de Araucária e a Prefeitura de Curitiba para a criação dos linhões integrando a tarifa entre os dois municípios, esclarecemos que: – A empresa que gerencia o transporte metropolitano, a Araucária Transporte Coletivo, avisou que apelará à justiça caso a Prefeitura de Araucária autorize a Viação Tindiquera a estender o trajeto dos linhões até terminais de Curitiba, sob a alegação de que somente a mesma tem a concessão para explorar o transporte metropolitano; – No último dia 23 o prefeito Olizandro Ferreira se reuniu com o comando da COMEC em busca de uma solução para este novo impasse. Na ocasião, o prefeito propôs dividir os custos da integração com a COMEC, retomando o modelo anterior de integração tarifária, para que tudo voltasse a ser como antes de fevereiro; – Desta forma, a prefeitura arcaria com 50% do valor destinado ao transporte metropolitano, algo em torno de R$700 mil por mês; – Até o momento a COMEC não deu um parecer oficial sobre esta última reunião.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.