Araucária

Novas unidades educacionais municipais de Araucária estão quase prontas

Araucária tem focado no aumento de número de vagas em escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). No âmbito escolar, este ano já foi entregue a Escola Municipal Prof. Arlindo Druszcz (no Jardim Arvoredo), a Escola Ambrósio Iantas (no Capela Velha) já começou os acabamentos e a Escola Pedro Biscaia (no Campina da Barra) está na fase final, precisando ainda passar pela demolição da estrutura antiga e construção da quadra poliesportiva. As duas serão entregues até o final do ano.

Apenas para a Educação Infantil, entre reformas, ampliações e construções, foram 22 unidades educacionais contempladas com obras recentemente. São 13 novos CMEIs, responsáveis por 2600 novas vagas, sendo que 5 já foram entregues e iniciaram as atividades:  Norma Von Berneck, Jihadi, Tereza De Benguela, Célia Bialeski, Veronica/Marcelino.

São várias regiões da cidade que se beneficiaram das obras. O CMEI São Francisco, por exemplo, é o mais antigo do município e precisava de uma atenção especial. No Tupy, a comunidade cresceu e o espaço do CMEI já estava inadequado. Os moradores do Tietê, região rural, têm percebido investimento em qualidade de vida, além do novo CMEI em construção, está com novos e mais iluminados acessos viários.

O CMEI Dona Rosa está na fase de acabamento final da obra. Faltam apenas detalhes como retoques em pintura e limpeza final da obra. Os CMEI’s Tupy, Tietê São Francisco estão ainda em fase de construção propriamente dita. O CMEI Tereza de Benguela (Arvoredo) está concluído desde fevereiro deste ano e no terreno ao lado fica a Escola Municipal Prof. Arlindo Druszcz. Essas duas unidades formaram um complexo educacional em uma região extremamente carente da cidade.

Cristiane Fernandes, trabalhava em mercado e agora com o filho no CMEI pretende voltar para a antiga profissão. O filho, Matheus, de 1 ano e 4 meses, está matriculado no CMEI Tereza de Benguela para passar o dia todo, a três quadras de casa. Quando a outra filha, Mariana, ainda era bebê, a mãe precisava empurrar o carrinho a pé até o CMEI mais próximo, que fica no Industrial. 

“Andando levava uns 40 minutos. Era pesado, mas era necessário, podia ir trabalhar tranquila. Elas tratam meus filhos como se fossem delas. A Mariana já está no período escolar, só que está matriculada em outro bairro, vou tentar transferir ela para a nova escola do Arvoredo. Um prédio fica do lado do outro, facilitaria para mim”, relata. Cristiane ainda reparou na estrutura dos dois prédios, que em sua opinião, ficaram alegres e aconchegantes.

Outra moradora da região que elogiou a obra do CMEI do Jardim Arvoredo foi Jussara Fátima Alex dos Santos, mãe da Rynata Endirli dos Santos, que está com 5 anos. “Ficou lindo e espaçoso. Tem até espaço para horta. Estávamos precisando de algo assim”, comenta.

As novas Escolas
1. Arlindo Jardim Arvoredo (entregue)
2. Pedro Biscaia (finalizando)
3. Ambrósio (finalizando)

CMEIs já entregues 
1 Capinzal  
2 Gilca – reforma total com adaptação para CMEI
3 Maria Izabel – Esperança 
4 Novo CMEI Jihadi – Costa e Silva
5 Novo CMEI Tereza de Benguela – Arvoredo 
6 Novo CMEI Professora Celia Bialeski – Hermon 
7 Novo CMEI Norma von Berneck-   Ambrósio 
8 Novo CMEI Veronica 
Bohaemko Daneliu/ Marcelino (fazendo matrícula)
9 Ampliação CMEI Maranhão 
10 Ampliação CMEI Plínio 
11 Ampliação CMEI Jardim do Conhecimento 
12 Ampliação CMEI Santa Clara

CMEIs em obras
13 Novo CMEI Veronica Panek Hass/Dona Rosa (fazendo matrícula)
14 Novo CMEI Bronilda/Moteleski  (finalizando)
15 Novo CMEI Condor Shangai 
16 Novo CMEI Tupy (entrega prevista 2021)
17 Novo CMEI Filomena Resner/ Tietê (entrega prevista 2021)
18 Novo CMEI São Francisco (entrega prevista 2021)
19 Ampliação CMEI Cachoeira 
20 Ampliação CMEI Califórnia

Prefeitura de Araucária

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.