Araucária

Nova linha de ônibus começará a funcionar amanhã e não terá integração em Terminais de Araucária

ProtestoAraucaria5An-6878-kKI-U109075969763TG-1024x683@GP-WebUma nova linha de ônibus vai operar entre a cidade de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), e a capital a partir de quarta-feira (15), para tentar diminuir os transtornos que a população da cidade enfrenta após a desintegração financeira do sistema. O trajeto será entre a Câmara Municipal de Araucária até o Terminal da Cidade Industrial de Curitiba (CIC). O problema, entretanto, é que a linha de ônibus não terá integração física com os terminais da cidade.

A criação da nova linha foi anunciada pela Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) nesta segunda-feira (13), após protestos realizados por moradores do município no Terminal Vila Angélica. Cerca de 800 pessoas chegaram a participar e reclamaram que o custo para ir e voltar de Curitiba ficou maior após a desintegração financeira. Algumas pessoas têm que pagar R$ 13,20 todos os dias para usar o sistema – o dobro do que seria usado se as linhas ainda fossem integradas. Durante o protesto, ônibus chegaram a ser depredados.

O ponto inicial da nova linha do coletivo será no centro de Araucária, em frente à Câmara Municipal, e seguirá, segundo a Comec, por regiões consideradas populosas do município. Um dos pontos será ao lado do Terminal Vila Angélica. Porém, não haverá integração com o terminal. Dessa forma, os passageiros que descem neste local ainda terão que pagar mais uma passagem caso queiram seguir viagem até o Terminal CIC.

Reunião

Durante a tarde desta segunda-feira, o diretor-presidente da Comec, Omar Akel, se encontrou com representantes da Plenária Popular pelo Transporte, que foram reivindicar melhorias no transporte entre Curitiba e Araucária. Ele disse que o objetivo é estudar a desoneração da tarifa paga pelo usuário. Akel, entretanto, não disse como isso deve ser feito.

“O reajuste da tarifa tem causado impacto muito grande sobre a população”, reconheceu o diretor da Comec, após a reunião. Ele ainda confirmou que a empresa de ônibus responsável pelo Ligeirinho Araucária/Curitiba está sendo cobrada para que a linha retorne a parar dentro do Terminal Vila Angélica. O veículo foi retirado da Rede Integrada de Transporte (RIT), o que fez usuários pularem catracas para evitar o pagamento de duas tarifas de ônibus

Segundo Rodolfo Jaruga, membro da Plenária Popular pelo Transporte, o que é necessário para melhorar a situação de Araucária é a redução do valor pago pelos usuários nas tarifas, o retorno de linhas que foram retiradas do transporte integrado e um novo modelo de integração das linhas. “Caso não haja um modelo, que continue o anterior. As linhas foram retiradas, os usuários estão pagando o dobro e a qualidade caiu”, reclama.

Uma assembleia popular com usuários do transporte do município será realizada ainda esta semana, a princípio na quinta-feira (16), para discutir as reivindicações. Os membros da plenária ainda pretender marcar uma reunião com o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Ratinho Jr.

Entenda

A partir desta segunda-feira (13), os passageiros das linhas metropolitanas integradas com o transporte coletivo de Curitiba tiveram uma mudança na forma de pagar a passagem. Até agora, todos os usuários desses ônibus da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) estavam conseguindo passar nas catracas com o cartão-transporte da Urbs, independentemente do sentido. Mas a partir de segunda, quem seguir da RMC para a capital somente pôde pagar com o cartão da Urbs se o crédito tiver sido comprado antes do dia 6 de fevereiro. De Curitiba para a RMC não houve mudanças.

Desde o dia 6 de fevereiro, quando começou a valer o aumento do preço da passagem em Curitiba, a Comec (órgão do governo do estado que administra o transporte coletivo da RMC) anunciou que deixaria de aceitar como pagamento da passagem na RMC o cartão da Urbs.

 

Gazeta do Povo

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.