Araucária

Não é emergência pediátrica? Prefira o atendimento da unidade básica de saúde

14_paiNessa época mais fria é comum que a procura do atendimento pediátrico aumente consideravelmente em relação aos outros períodos do ano. São muitas viroses, crises respiratórias… Em Araucária, no Pronto Atendimento Infantil (PA Infantil), de janeiro a abril de 2015, as consultas aumentaram de 4.081 para 6.421 crianças consultadas por mês.

Pela análise da ficha dos atendimentos realizados, a Secretaria Municipal de Saúde estima que desse total, 75% dos casos não precisem ser atendidos no PA Infantil, pois não se caracterizam como atendimentos de urgência /emergência. O que atrapalha e acaba causando demora no atendimento de quem realmente precisa.

Qual atendimento procurar?
O Pronto Atendimento Infantil deve ser procurado em casos de crises convulsivas, crises asmáticas, febre acima de 38ºC, crianças muito debilitadas por fraqueza, vômitos, diarreias, traumas, mordedura de animais; entre outros.

Não são casos de urgência e emergência alguns sinais e sintomas como: coriza (nariz escorrendo), criança ativa porém com febre baixa (até 37.7ºC) com um dia de evolução, assaduras, lesões de pele crônicas (acima de 3 semanas), cólicas intestinais entre outros. Nessas situações o ideal é procurar a unidade de saúde próxima da residência do paciente.

Se a criança precisar de assistência da unidade básica de saúde e seu responsável a leva no PA, além de atrasar o atendimento das emergências que precisam de avaliação imediata, a própria criança pode ter uma avaliação mais restrita, pois esse atendimento no PA é focado nos sintomas apresentados naquele momento, diferente da consulta pediátrica que ocorre nas unidades básicas de saúde, onde é assegurado o acompanhamento do histórico do crescimento e desenvolvimento da criança, onde são realizadas orientações sobre sinais de alerta e risco.

Nos casos em que o atendimento no PA Infantil é a única opção é importante que os pais agendem uma consulta na unidade de saúde mesmo depois de terem passado pelo Pronto Atendimento, para realização do acompanhamento da criança.

Estrutura
O PA Infantil conta com uma equipe de 04 médicos no período diurno e 04 no período da noite. De acordo com a diretora do Departamento de Urgência e Emergência de Araucária, Kátia Kochla, a estrutura existente é pertinente para a demanda de atendimentos de urgência e emergência.

“Este quantitativo é suficiente para a proposta dessa área, que tem como objetivo atender casos de urgência e emergência, ou seja, situações de risco de vida, em que seja necessário inclusive um suporte avançado de vida”, relata.

A diretora atribui um pouco dessa procura equivocada por parte da população pela crença de um atendimento mais rápido e pela comodidade de um serviço que funciona 24 horas por dia. Por isso, recomenda que sempre que possível, os munícipes procurem os pronto atendimentos apenas nos casos necessários.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.