Brasil

Mulher com deficiência auditiva não entende anúncio de assalto e é morta

noticia_189160_img1_vtimaUma mulher com deficiência auditiva foi morta nesta quinta-feira (04) no Guarujá, litoral de São Paulo. Segundo informações do portal G1, criminosos tentaram assaltar a loja onde Andréia dos Santos Pereira trabalhava, mas ela não entendeu as ordens do grupo e foi agredida repetidamente, sofrendo lesões nas costelas e traumatismo craniano.

Segundo um parente da vítima, a mulher, que trabalhava numa pastelaria, foi abordada enquanto preparava os alimentos. Três jovens teriam anunciado o assalto, mas como a mulher não ouviu e nem entendeu o que estava acontecendo, foi atacada em uma área externa do estabelecimento.

“Foi bem brutal. Quebraram três costelas e ela teve traumatismo craniano, fizeram um raio-X e verificaram várias fraturas pelo corpo todo”, disse a mulher.

Ambulâncias do Serviço de Atendimento Movél de Urgência (Samu) foram deslocadas até o local para prestar socorro à vítima, que morreu por conta dos ferimentos sofridos. O corpo dela foi enterrado nesta sexta-feira (05) no Cemitério de Vicente de Carvalho.

A Polícia Civil investiga o caso, mas ainda não conseguiu encontrar os suspeitos.

G1

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.