Araucária

MPPR garante acordo de R$ 4,5 milhões para obras sociais em Araucária

O Ministério Público do Paraná promoveu um acordo de não persecução penal que vai resultar na transferência de R$ 4,5 milhões para obras sociais que devem beneficiar diretamente a população de Araucária. Os recursos são fruto de acerto realizado a partir de uma investigação do MPPR relacionada a um caso de corrupção – para não enfrentar um processo judicial, as partes aceitaram fazer a reparação financeira pelos ilícitos praticados. Os valores serão destinados para atender crianças e adolescentes em situação de risco e mulheres vítimas de violência.

Pelo Ministério Público, o trabalho envolveu diretamente a 2ª e a 5ª Promotorias de Justiça de Araucária. Conforme o acordo firmado na última segunda-feira, 30 de novembro, serão repassados para a área da Infância e Juventude R$ 3,1 milhões (R$ 1,1 milhão para a construção de uma nova Casa de Acolhida para crianças e adolescentes em situação de risco e R$ 2 milhões para um novo Centro de Referência de Assistência Social – Cras) e R$ 1,4 milhão para atender vítimas de violência doméstica, com a construção na cidade de uma Casa da Mulher Brasileira ou estrutura similar.

O dinheiro referente à verba indenizatória já foi depositado para o Município de Araucária, que se comprometeu a iniciar todos os trâmites para efetivação dos projetos. Além da indenização, as partes envolvidas cumprirão medidas restritivas de direitos. Os autos tramitam sob segredo de Justiça.

O que é

O acordo de não persecução penal é um expediente jurídico recente, previsto na lei nº 13.964/19, o Pacote Anticrime. Trata-se de um dispositivo com caráter pré-processual, negociado entre o representante do Ministério Público e o investigado – o MP ou o acusado podem apresentar essa possibilidade de acordo antes da denúncia criminal, via de regra envolvendo pagamento de verba indenizatória e uma sanção diferente da prisão, para assim evitar o processo penal. Isso, porém, só cabe quando o delito for praticado sem violência ou grave ameaça e com pena mínima inferior a 4 anos de reclusão.

Redação com MPPR

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.