Paraná

Motorista não poderá mais ultrapassar 40 km/h na área central de Curitiba

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, anuncia nesta sexta-feira (18), que agora, para trafegar na área central da cidade, o motorista não poderá ultrapassar a velocidade de 40 km/h. Hoje, o limite permitido fica entre 50 km/h e 60 km/h.

A área deve ficar delimitada entre as ruas André de Barros/ Nilo Cairo, Mariano Torres, Luiz Leão (por trás do Passeio Público), Inácio Lustosa e Visconde de Nacar.

De acordo com a prefeitura, o objetivo da medida é “humanizar a cidade”. Em São Paulo, a redução para 40 km/h na área central já existe há dois anos. “São Paulo trabalhou apenas a velocidade. Nós queremos uma área diferenciada em todos os aspectos, para humanizar a cidade”, afirmou o diretor de engenharia da Secretaria de Trânsito de Curitiba (Setran), Mauricio Razera.

A prefeitura espera reduzir o número de acidentes com morte pela metade até 2020. “A 40 km/h, o risco de um pedestre morrer ao ser atingido é de 20%. A 50 km/h, aumenta exponencialmente, para 50%”, afirmou o diretor.

Fruet assina o decreto que prevê a redução da velocidade na chamada “Via Calma”, no início da semana no trânsito segue até o dia 25 de setembro. A Setran programa para o período atividades como: inauguração da Escola Pública de Trânsito na Casa Klemtz, no Bosque da Fazendinha; celebração do Dia Mundial Sem Carro (dia 22), com o fechamento de um trecho da Rua Barão do Rio Branco para organização de atividades educativas e recreativas; realização do debate “Bicicleta como Política de Saúde Pública”; além de abordagens e blitz educativas.

 

BandaB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.