AraucáriaPolícia

Motorista é socorrido em estado grave após bater contra dois caminhões na Rodovia do Xisto

O motorista de um carro, de 45 anos de idade, foi socorrido em estado grave após supostamente ter invadido a contramão e bater contra dois caminhões nesta sexta-feira (18). O acidente aconteceu na Rodovia do Xisto, em Araucária.

Segundo relatou o passageiro de um dos caminhões, o motorista do veículo Voyage tentou acessar uma via lateral à rodovia e entrou na contramão. “Ele saiu da estrada secundária, à nossa direita, entrou na pista e seguiu na contramão. O carro veio direto para cima do caminhão”, afirmou Jarcy.

Em seguida, após ter batido frontalmente contra o caminhão que vinha de Pato Branco, no sudoeste do Paraná, o carro teria rodado na pista e batido contra outro caminhão.

“O motorista do caminhão é novo de estrada e nunca aconteceu isso. Ele ficou bastante assustado. Quando vi que o carro estava vindo na nossa direção, só disse pra ele [motorista] segurar forte no volante e frear”, descreveu o passageiro.

Jarcy ainda destacou que o condutor do Voyage tentou evitar a colisão, ao jogar o carro para a esquerda, mas não deu tempo. “Depois da batida, descemos do caminhão e fomos ver como o rapaz estava. Ele já estava desmaiado e conferimos os batimentos cardíacos. Ele estava vivo”, acrescentou.

O carro chegou a pegar fogo após a batida, e as chamas foram contidas por moradores da região.

Socorro

O capitão Romaniuk, do Corpo de Bombeiros, disse que o motorista do carro estava inconsciente quando os socorristas chegaram no local. “Quando chegamos, ele estava inconsciente. O estado dele é grave e ele apresenta fraturas e lesões na cabeça”, contou.

O homem foi levado ao Hospital do Trabalhador, segundo Romaniuk.

Acidentes

Jarcy atribuiu ao local do acidente a definição de “fábrica de acidentes”. Ainda, um morador da região, e também caminhoneiro, contou à reportagem que mora nas proximidades da Rodovia do Xisto há mais de 20 anos, e que os acidentes acontecem com frequência.

“Muitas vidas já foram perdidas aqui. Moro há 22 anos na região e já vi muitas mortes. Têm algumas faixas em cercas que ficam perto da via que mostram isso”, disse Renê Baumel.

As faixas têm escritos como: “Queremos acesso seguro” e “quantas vidas ainda vamos perder?”.

Sobre este acidente envolvendo os dois caminhões e o Voyage, Renê disse que viu o motorista do carro bastante machucado. “Ele ficou prensado entre as ferragens, mas ele foi socorrido rapidamente graças à agilidade dos bombeiros”, concluiu.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.