Paraná

Motorista bate de leve, vai ajudar e os dois acabam morrendo ao serem atingidos por outro carro

Um acidente grave no início da manhã deste domingo (19) deixou duas pessoas mortas na BR-376 em Ponta Grossa. A colisão foi registrada perto do viaduto que dá acesso ao Núcleo Santa Maria, próximo a uma concessionária de caminhões na rodovia. José Valdori Gonçalves da Silva, de 63 anos, e José Dirceu Mendes, de 60 anos, morreram na hora.

Segundos informações colhidas no local junto aos socorristas, José Dirceu Mendes trafegava com uma van Peugeot Boxer no sentido Ponta Grossa-Curitiba quando colidiu levemente contra o Fiat Uno de José Valdori Gonçalves. O condutor da van desceu do veículo para prestar socorro ao outro motorista, quando uma Ford EcoSport acertou em cheio o Fiat Uno e, consequentemente, o condutor da van que ajudava a vítima.

Os dois morreram na hora com o impacto do Ecosport. Socorristas do Siate foram acionados e pediram apoio da CCR RodoNorte, concessionária que administra a rodovia, para ajudar no atendimento. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também esteve no local para sinalizar a rodovia e evitar que outros veículos se envolvessem.

O apoio médico constatou o óbito dos dois motoristas assim que chegou e, com isso, acionou o Instituto Médico Legal e o Instituto de Criminalística. Os socorristas ainda prestaram atendimento a dois passageiros da van. Um deles sofreu múltiplas fraturas e foi levado ao Hospital Geral da Unimed (HGU) com ferimentos graves, mas sem risco de morte. O outro teve ferimentos moderados e também foi encaminhado para um hospital de Ponta Grossa.

Os corpos das vítimas fatais foram encaminhados até a sede do IML em Ponta Grossa, anexo à 13ª Subdivisão Policial.

Rodovia parcialmente bloqueada

Após a sinalização da PRF no local do acidente, o trecho no sentido Ponta Grossa-Curitiba em que a colisão foi registrada foi parcialmente interditado. Os policiais montaram um esquema de desvio do tráfego para solucionar rapidamente o congestionamento que se formava. Apesar da mudança, o fluxo continuou lento até por volta das 8h30, quando a rodovia foi liberada.

Suspeita de trafegar na contramão

A Polícia Rodoviária Federal (PRF)suspeita de que o Fiat Uno possa estar trafegando na contramão da rodovia no momento do acidente – principalmente pelos locais onde os veículos colidiram e como pararam na pista após o acidente. Os policiais devem investigar o caso.

O motorista da van, José Dirceu Mendes, era natural de Ipiranga, na região dos Campos Gerais. O veículo de José Valdori Gonçalves da Silva (Fiat Uno) possuía placas de São José dos Pinhais, município da região metropolitana de Curitiba.

Para ver a reportagem sobre o acidente no site aRede, clique aqui

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.